Zema determina desobstrução de vias: "A eleição já acabou"

Governador de Minas Gerais falou em evitar risco de desabastecimento

Vias em todo o país seguem interditadas por manifestantes que questionam o resultado da eleição presidencial. O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo) publicou, na manhã desta terça-feira, 1°, um vídeo informando que solicitou às forças de segurança do estado a desobstrução das rodovias e estradas mineiras.

— A eleição já acabou — argumentou.

Zema defendeu a medida como forma de assegurar o direito de ir e vir dos cidadãos, além de garantir o fluxo de transporte de mercadorias e insumos, para evitar o desabastecimento. 

— Vamos cumprir a lei — determinou o governador.

 

STF 

Em nova decisão nesta terça-feira, 1º, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que as Polícias Militares dos Estados atuem para desobstruir as rodovias - inclusive vias federais - bloqueadas por manifestantes contrários ao resultado das eleições de domingo. A decisão foi tomada no âmbito da Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 519.

O ministro impôs multa de R$ 100 mil por hora e prisão em flagrante delito ao que estiverem cometendo crimes contra o Estado Democrático de Direito e a soberania nacional, previstos na Lei 14.197/2021.

Comentários
×