Vacinação de crianças contra covid-19 será sem cadastro a partir de amanhã

Mortes pela doença seguem em alta neste mês, mas ocupação hospitalar desacelera

 

Da Redação

A partir de amanhã, os pais que desejam vacinar seus filhos acima de 5 anos contra covid-19 não precisarão mais se cadastrar no site da Prefeitura. O anúncio foi feito ontem pelo Executivo.

As unidades de saúde que aplicam as doses são: Belvedere, Bom Pastor, Ermida, Ipiranga, Nações, Niterói, Tietê, Serra Verde, Nilda Barros, Nossa Senhora das Graças e Candidés. O horário de funcionamento é das 8h às 16h.

Pais ou responsáveis devem ter em mãos o cartão de vacina da criança, o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) e a carteira da unidade de saúde.

 

Cadastro

A Prefeitura abriu ontem o cadastro para vacinação contra covid de crianças de 5 anos – última faixa etária contemplada pela vacina pediátrica da Pfizer. O cadastro deve ser feito no site da Prefeitura (divinopolis.mg.gov.br) ou pelo aplicativo APP Divinópolis.

A vacinação desse público acontece hoje, entre 8h e 16h. 

— A Semusa pede que os pais levem os filhos no horário do agendamento para evitar filas e aglomerações e que não se esqueçam de levar o cartão de vacina da criança, Cartão SUS e a carteira da sua unidade de saúde. A utilização de máscaras é obrigatória para todos — orienta.

A vacinação de crianças de 6 a 11 anos será retomada amanhã, sem a necessidade do cadastro.

 

Em alta

Mais duas mortes de moradores da cidade por covid-19 foram informadas ontem pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa). 

A primeira vítima era uma mulher, de 76 anos, portadora de pneumopatia crônica. Ela morreu no dia 8 de fevereiro.

O segundo registro foi de um homem, 84, portador de doença cardiovascular crônica e diabetes. A morte foi no sábado.

Com as duas confirmações, fevereiro ultrapassou, em apenas 16 dias, janeiro no número de mortes. Após registrar apenas um óbito pela doença em dezembro do ano passado, janeiro registrou 16 vítimas. Fevereiro contabiliza 18.

Ao todo, são 695 óbitos desde o início da pandemia. 

 

Em queda

Enquanto as mortes sobem, a ocupação hospitalar cai. Após beirar os 80%, a taxa dos leitos exclusivos para paciente com covid-19 está em 46,34% nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). Dos 41 leitos disponíveis, 19 estão ocupados. 

— Nas UTIs, o Complexo de Saúde São João de Deus registra oito casos de covid-19 em suas UTIs, sendo sete pacientes no CTI adulto e um no CTI infantil da área atendida pelo SUS. No Hospital Santa Mônica, foram registrados quatro casos no CTI adulto, com a inclusão de um leito extra, além de dois casos no CTI infantil, também com inclusão de um leito extra. O Hospital Santa Lúcia registra cinco casos internados. No Hospital São Judas Tadeu não há internações nesse setor — detalhou a Prefeitura.

No setor de enfermaria, a taxa é similar, de 46,48%, com 33 dos 71 leitos em uso.

Comentários
×