Vacinação contra Influenza em Divinópolis está abaixo da meta

Apenas dois grupos do público-alvo se encontram acima de 50% - ideal é 90%

 

Da Redação

Termina hoje a 24ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza. Conforme alertado pelas autoridades em Saúde, desde o início da pandemia de covid-19, a cobertura vacinal contra outras doenças tem ficado abaixo do esperado. Com a Influenza, não tem sido diferente: próxima de terminar, a campanha atingiu apenas 52% do público-alvo em Divinópolis - longe dos 90% preconizados para garantir a saúde da população.

 

Dados

O balanço divulgado pela Superintendência Regional de Saúde em Divinópolis (SRS) detalha que, na cidade, o público-alvo é composto por 63 mil pessoas. Desse total, 33 mil já se imunizaram, ou seja, aproximadamente 52%. 

O grupo com maior adesão à campanha são os trabalhadores em saúde: dos 7.462 profissionais, 5.161 receberam a vacina. 

A lista decrescente segue com os idosos, grupo com quase 60% de imunizados - 23.442 dos 39.165.

Nos quatro últimos grupos, a cobertura é ainda menor. 

Apenas 3.573 das 11.745 crianças aptas a se vacinar foram imunizadas, alcançando pouco mais de 30%. 

Nas gestantes (383 de 1.972) e puérperas (70 de 324) a cobertura é de 19,5% e 21,6%, respectivamente. 

Por fim, 599 professores se vacinaram, 24% do total previsto da categoria (2.401).

 

Longe do ideal

A referência de imunização da SRS em Divinópolis, Eliane Peixoto, reforça o apelo para que procurem as unidades básicas de saúde para o aumento da cobertura vacinal. 

— Estamos quase no fim da campanha com baixas coberturas em vários públicos prioritários. Temos muitos municípios [da Macrorregião Oeste] com cobertura de 50 a 79% em idosos e trabalhadores de saúde, mais da metade dos municípios da região tem menos de 50% de cobertura vacinal nos outros públicos. Então precisamos que a população, principalmente os de maior risco de desenvolver quadros graves, procurem as unidades de saúde para poder se vacinar e evitar os quadros graves da doença — destacou a referência.

 

Vacinação

Em Divinópolis, a vacinação ocorre em todos os postos de saúde, de segunda a sexta, das 8h às 16h. No período noturno, a imunização também é possível nas unidades do programa Saúde na Hora. 

— À noite, das 18h às 21h30, a vacinação acontece em cinco unidades: Belvedere, Planalto, Sagrada Família, Tietê e Ermida — informou.

 

Macro

Na Macrorregião Oeste, segundo o painel do Ministério da Saúde, até 30 de maio, estava em 65% de cobertura. Ou seja, 196.124 receberam o imunizante. A população idosa é a que está com a cobertura mais avançada na região, 71%. Desse público, 136.197 já foram vacinados. As puérperas são as que têm o menor percentual, 37%, com 495 inoculações. Ao todo são 335.438 pessoas aptas a receber o imunizante na macrorregião Oeste.

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES/MG) explica que a meta preconizada pelo Ministério da Saúde é de 90% de cobertura vacinal para os grupos prioritários. 

 

Grupo

Estão incluídos no grupo prioritário crianças de seis meses a menores de 5 anos, idosos, trabalhadores da saúde, gestantes e puérperas, povos indígenas, professores, pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente, forças de segurança, salvamento e forças armadas, trabalhadores portuários, funcionários do sistema prisional, população privada de liberdade, caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso e adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas.

 

Comentários
×