Três vereadores lideram ranking de projetos apresentados

Ademir e Ana Paula são os últimos da lista; Prefeitura enviou 124 propostas neste ano

Bruno Bueno

As reuniões ordinárias da Câmara Municipal de Divinópolis (CMD) foram oficialmente encerradas em 2021. Mesmo com projetos que ainda precisam ser votados, o Legislativo realizou, na quinta passada, o último encontro dessa natureza no ano. A expectativa é que os vereadores retornem aos encontros semanais em fevereiro, com a possibilidade da convocação de uma reunião extraordinária no começo de janeiro.

Enquanto os trabalhos não voltam, é hora de analisar o que foi feito em 2021. Em levantamento feito com dados fornecidos pela assessoria da CMD, o Agora traz, em primeira mão, o ranking de vereadores com mais projetos apresentados neste ano. Os parlamentares Edsom Sousa (CDN), Flávio Marra (Patriota) e Lohanna França (CDN) encabeçam a lista. Ao todo, foram 239 pautas propostas pelos 17 políticos que compõem a Casa.

 

Líderes

Os dados, que foram atualizados dia 15 de dezembro, data anterior à última reunião, mostram que o vereador Edsom Sousa foi o político com mais projetos enviados ao Legislativo. Ao longo deste ano, 36 proposições foram protocoladas na Câmara, sendo seis complementares. 

 

Flávio Marra e Lohanna França dividem a segunda colocação, com 25 projetos apresentados cada. No caso da vereadora, duas pautas foram complementares. Ressalta-se que ambos os parlamentares estão em seus primeiros mandatos. Flávio Marra foi eleito com 1.138 votos, sendo o 14º colocado nas eleições. Lohanna, por sua vez, registrou 5.462 votos e não somente se consolidou como a parlamentar com mais votos na atual legislatura, mas também em toda a história da Câmara de Divinópolis.

 

Últimos

A lista também mostra os vereadores com menos projetos apresentados no ano. Ana Paula do Quintino (PSC) e Ademir Silva (MDB) dividem a última colocação, com apenas três projetos em 2021. Hilton de Aguiar (MDB) e Ney Burguer (PSB), com seis textos enviados cada um, também figuram no pelotão de baixo.

 

Veja a lista completa em ordem decrescente: Edsom Sousa (36), Flávio Marra (25), Lohanna França (25), Eduardo Print Júnior (23), Eduardo Azevedo (19), Josafá Anderson (16), Rodrigo Kaboja (14), Roger Viegas (11), Diego Espino (11), Wesley Jarbas (10), Zé Braz (10), Rodyson do Zé Milton (10), Israel da Farmácia (10), Hilton de Aguiar (6), Ney Burguer (6), Ana Paula do Quintino (3) e Ademir Silva (3).

 

Indicações e requerimentos

Peças fundamentais no sistema legislativo, as indicações, proposição em que o vereador sugere ou solicita medidas, e requerimentos, nos quais os parlamentares exigem informações do Executivo, também fizeram parte da pesquisa. 

Ao todo, foram 1.966 indicações e 473 requerimentos neste ano. No primeiro segmento, quem lidera é Zé Braz, com 234 sugestões e solicitações. Lohanna França (227) e Eduardo Print Júnior (215) seguem a lista. Já no segundo segmento, a vereadora mais votada desta legislatura, Lohanna, aparece em primeiro, com 150 requerimentos. Edsom Sousa (86) e Zé Braz (77) completam o pódio.

 

Os dados da Câmara mostram que a vereadora Ana Paula do Quintino também fica em último lugar nesses quesitos, com dois requerimentos e duas indicações apresentadas ao longo dos 12 meses de 2021.

 

Moções

Outro dado relevante da lista é o número de moções congratulatórias enviadas pelo vereador Rodyson do Zé Milton (PV). Ao todo, o parlamentar destinou 618 mensagens de felicitações ao longo de 2021. Para se ter uma ideia do alto número, o segundo colocado da lista é Zé Braz, com 232 moções. Josafá Anderson prossegue o ranking, com 32 mensagens.

 

Executivo

O ranking também analisou o trabalho do Executivo na Câmara. Por meio do prefeito, Gleidson Azevedo (PSC), a Prefeitura enviou, ao todo, 124 projetos de lei, sendo 110 convencionais e 14 complementares.

Gleidson vetou dez projetos dos vereadores durante o ano. O alto número de proibições gerou reclamações de alguns parlamentares, incluindo Ademir Silva (MDB). 

 

Quadro geral

O balanço dos dados evidencia o número total de 4.079 matérias legislativas produzidas pela Câmara por meio dos vereadores, Executivo e outras instituições em 2021. Destaca-se, como dito anteriormente, o número de 239 projetos de lei do Legislativo, sendo 219 convencionais e 20 complementares, e 124 do Executivo, sendo 110 convencionais e 14 complementares.

Três propostas de emenda à Lei Orgânica do Legislativo, cinco projetos de resolução, 140 emendas, 97 moções de pesar, cinco moções de repúdio e outras cinco de apoio, um parecer, dez vetos totais ou parciais e três projetos de Decreto Legislativo também foram enviados.

Comentários
×