Três hospitais de Divinópolis não têm internações em UTI por covid-19

Ocupação nas demais unidades continua baixo

 

Da Redação

O efeito da vacinação segue refletindo diretamente no número de internações em Divinópolis. Dados da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), divulgados ontem, mostram que três hospitais da cidade já não contam mais com pacientes com covid-19 internados em leitos exclusivos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

A taxa de ocupação de UTI é de 16,05%, com 13 pessoas internadas entre os 81 leitos da cidade disponíveis para tratamento de covid-19. No setor de enfermaria, a taxa é de 26,13%, com 29 leitos ocupados entre os 111 totais do município.

 

Situação nos hospitais

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Padre Roberto está com 10% dos leitos ocupados no Centro de Terapia Intensiva (CTI), com três dos 30 leitos ocupados. Na enfermaria, a ocupação é de 31,25%, com 10 de 32 leitos.

A área atendida pelo SUS no Complexo de Saúde São João de Deus opera com 33,33% de sua capacidade, com quatro leitos ocupados entre os 12 no CTI adulto. Na enfermaria, 9 dos 20 leitos estão ocupados, representando 50%.

Já a área particular do Complexo São João de Deus atualmente opera com 10% de hospitalizados no CTI adulto, com um leito entre os dez disponíveis na unidade.

 

Leitos vazios

Na rede particular, os hospitais Santa Lúcia, Santa Mônica e São Judas Tadeu não têm nenhum paciente com sintomas de covid-19 em cada um dos CTIs de suas unidades. 

 

Menor número

As internações por covid-19 em CTIs chegaram, na segunda-feira, 18, ao menor nível desde o começo de novembro do ano passado. De acordo com os dados da Prefeitura de Divinópolis, por meio da Semusa, na última semana as hospitalizações registraram declínio de 21,42%.

Nos CTIs dos hospitais de Divinópolis estavam internados 22 pacientes na semana de 10 a 16 de outubro. No período anterior, 28 pessoas estavam no CTIs, ou seja, houve uma queda de 21,42% na comparação entre as duas semanas.

O período com maior número de pacientes no CTI foi de 28 de março a 3 de abril, quando 120 pessoas ficaram internadas em decorrência da covid-19. As 22 internações da última semana são o menor número desde meados de novembro, quando 24 estavam se recuperando nos CTIs dos hospitais de Divinópolis. 

Já os internados na enfermaria estão com números estáveis. Conforme os dados da Semusa, 35 pessoas estavam internadas na semana de 10 a 16 de outubro, e no período anterior, 36. Na semana de 28 de março a 3 de abril, houve o maior número de internações em enfermaria: 157.

 

Comentários
×