Trecho da avenida JK marcado por acidentes pode receber radar

Duas ocorrências na semana passada acendem o alerta para a Settrans

Bruno Bueno

Um trecho da avenida JK, no bairro Bom Pastor, tem preocupado motoristas e pedestres. A área foi palco de dois acidentes na última semana. Um deles tirou a vida de um entregador de apenas 20 anos. 

Com o perigo iminente, a Prefeitura estuda a instalação de um radar para fiscalizar a velocidade dos motoristas no trecho. O serviço deve ser realizado pela Secretaria Municipal de Trânsito, Segurança Pública e Mobilidade Urbana (Settrans).

— A Settrans está monitorando os índices de acidentes no local, além da quantidade de avanço de semáforos no local, e estuda a possibilidade de colocar fiscalização eletrônica de avanço para reduzir esses números de acidentes — afirmou a Prefeitura em nota.

 

Acidentes

O primeiro acidente foi registrado na última terça, 29. Um entregador morreu ao colidir a moto com um ônibus. Segundo informações da Polícia Militar (PM), o motociclista teria avançado um sinal vermelho em alta velocidade. 

Ele foi socorrido por militares do Corpo de Bombeiros e levado para o Complexo de Saúde São João de Deus, mas não resistiu aos ferimentos. A perícia esteve no local. Na mesma semana, outros entregadores e motoboys realizaram uma homenagem para a vítima no trecho.

Na noite do último domingo, dois veículos colidiram no mesmo trecho. Um dos carros ficou com a parte toda traseira danificada após a colisão. A peça foi parar em cima do canteiro central, entre as duas pistas. Os veículos foram guinchados. Não houve registro de feridos.

 

Justificativa

Em nota divulgada ao Agora, a Prefeitura justificou que o trecho marcado por acidentes já possui sinalização.

— Os acidentes no cruzamento da avenida JK com a rua Eliza Pinto do Amaral, cruzamento que possui um conjunto de semáforos, e que está após a pintura do yellow box — relatou.

A pintura instalada em frente ao batalhão do Corpo de Bombeiros tem o objetivo de sinalizar aos condutores que a área não pode ser ocupada para não obstruir a passagem de veículos. 

 

Semáforo

Após solicitação de profissionais da corporação, a Prefeitura também instalou um semáforo de emergência próximo ao local para viabilizar a saída mais veloz das viaturas. O semáforo, portanto, fica verde o tempo todo.

— Quando uma viatura do Corpo de Bombeiros precisar se deslocar, será acionada uma botoeira e o semáforo fechará, ficando vermelho e os veículos que estiverem transitando pela via deverão respeitar a parada obrigatória — explicou.

Alguns moradores que vivem próximo ao trecho relataram a veículos de imprensa que a presença do semáforo aumenta o risco de acidentes no local. O relato justifica que os motoristas, ao perceber o sinal verde a uma longa distância, aumentam a velocidade e correm o risco de colidir com outros veículos que vêm da rua Eliza Pinto do Amaral.

 

Outro acidente

A avenida JK também registrou outro acidente que atrapalhou o trânsito. O fato aconteceu em um local diferente dos outros dois episódios. Na última sexta, um caminhoneiro se sentiu mal e parou o veículo que dirigia no meio da via. De acordo com informações da Settrans, o motorista estava em mal súbito, com possível princípio de infarto.

Ele foi encaminhado para o Hospital Santa Lúcia e passa bem. Os profissionais da Prefeitura entraram em contato com a empresa responsável pelo caminhão e aguardaram a retirada. A rua foi sinalizada pelos agentes e ficou interditada por um longo tempo. 

Comentários
×