Tebet visita Divinópolis na próxima semana

Ex-candidata à Presidência declarou apoio a Lula no 2º turno; Bolsonaro e apoiadores também fazem campanha em Minas

 

Bruno Bueno

Minas Gerais se tornou local de disputa entre Lula (PT) e Bolsonaro (PL). Os candidatos à Presidência fazem de tudo para vencer no segundo maior colégio eleitoral. Conforme o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o Estado tem 16 milhões de eleitores — cerca de 10% do eleitorado nacional. Historicamente, quem vence em Minas também vence a eleição presidencial no Brasil.

No primeiro turno, Lula levou a melhor, com uma diferença de quase 600 mil votos. Em busca da virada, Bolsonaro visitou quatro cidades do Estado na última semana. O petista, por sua vez, estará em dois municípios na próxima sexta com a ex-candidata à presidência, Simone Tebet (MDB).

A expectativa é que a senadora venha a Divinópolis na próxima semana fazer campanha para Lula mesmo sem a presença do petista. Ela também passará por Sete Lagoas. Até o momento, a visita está marcada para o dia 26.

Lula e Tebet

Tebet declarou apoio à candidatura de Lula no 2º turno e, desde então, intensificou a campanha para o petista. Na próxima sexta, eles estarão em Teófilo Otoni, no Vale do Jequitinhonha, e em Governador Valadares, na região do Rio Doce. 

Outras agendas no estado também devem acontecer com a presença do candidato a vice-presidente, Geraldo Alckmin (PSB), e do deputado federal, Guilherme Boulos (PSOL).  Ainda sem uma data definida, eles devem visitar cidades do Sul e do Triângulo Mineiro.

O deputado federal Reginaldo Lopes (PT), coordenador de campanha de Lula em Minas Gerais, revelou ao Jornal O Tempo sobre a intenção de Simone Tebet vir a Divinópolis e Sete Lagoas.

Bolsonaro, Damares e Michelle

Presidente e candidato à reeleição, Bolsonaro visita hoje Juiz de Fora, na Zona da Mata, e Montes Claros, na região Norte. Essa é a primeira vez que o político viaja para o interior desde o início da campanha do segundo turno. Até então, ele concentrava as  agendas somente em Belo Horizonte.

De acordo com o deputado estadual reeleito, Bruno Engler (PL), Bolsonaro se encontrará com lideranças ao lado do governador Romeu Zema (Novo). A expectativa é que o presidente desembarque em Minas no início da tarde. 

A primeira-dama, Michelle Bolsonaro, e a senadora eleita Damares Alves (Republicanos), estarão também em Minas para eventos voltados para mulheres. Na próxima sexta, elas estarão em Almenara (manhã), Governador Valadares (tarde) e Ribeirão das Neves (noite).

A dupla realiza um evento no sábado com lideranças evangélicas e católicas em Belo Horizonte. Na sequência, haverá uma motociata em volta da Lagoa da Pampulha. À tarde, elas se dirigem a Ubá e Uberaba. As agendas estão sendo articuladas pela deputada federal reeleita Greyce Elias (Avante).

Números

Lula teve 5.802.571 votos em Minas, cerca de 48,29% do total. Bolsonaro, por sua vez, acumulou 5.239.264 votos, aproximadamente 43,60% do total. 409.170 mineiros votaram nulo para presidente. 229.425 votaram em branco. A abstenção de 3,6 milhões representou 22,28% do total.

A última pesquisa de intenções de voto para presidente em Minas Gerais  — feita pelo Instituto Atlas no último domingo — mostra Lula na frente com 50,2% contra 47,6% de Bolsonaro. Brancos, nulos e indecisos somam 2,1%.

Comentários
×