Streaming começa a receber o pessoal do humor de braços abertos

Canal 1 (quinta-feira – 30/12/2021)

 

Por:               Flávio Ricco

Colaboração:   José Carlos Nery

 

(Abertura)

 

Streaming começa a receber o pessoal do humor de braços abertos

 

O streaming está se tornando uma opção das mais oportunas para o humor brasileiro. Enquanto na TV, especialmente aberta, as dificuldades ainda são muitas, as plataformas on demand passaram a recrutar nomes consagrados e com experiência comprovada para participar de vários projetos.

Miguel Falabella, Leandro Hassum e Ingrid Guimarães são apenas alguns exemplos. Pessoal de grande talento e com um componente novo: todos com total liberdade para criar.

Por conta dessas empreitadas, um novo mercado vai se escancarando para outros autores, diretores e equipe técnica desenvolverem os seus trabalhos e, na parte que toca à Netflix, HBO Max e companhia bela, a possibilidade de rechear os próprios cardápios.

Agora fica a pergunta: como a TV aberta se deu ao direito de negligenciar tanto o humor, sempre tão necessário para a fidelização de público? 

(Foto: Ingrid Guimarães – Crédito: Reprodução/Instagram)

 

TV Tudo

 

Meio Flamengo

Vários ex-jogadores como Léo Moura, Petkovic, entre outros gravaram depoimentos para a série documental “Adriano Imperador”, que tem a direção de Susanna Lira.

É um trabalho para a Paramount+.

 

Ferramenta

Já são vários programas, das mais diferentes emissoras, que exibem tweets durante as suas exibições.

Algo que merece melhor reflexão. Por exemplo: levanta a mão quem se interessa em ler. Qual a importância na ordem geral das coisas?

 

Em ação

Othon Bastos, grande ator, há algum tempinho longe das novelas, está no elenco de “Depois do Universo”, da Netflix.

É um musical.

 

Atendendo a pedidos

Vários leitores, por diferentes meios, perguntam se não há por parte deste jornalista vontade de responder os ataques que são feitos pelo apresentador Sikêra Jr.

Não há, não. Nenhum interesse mesmo. Deixa ele.

 

Só isso

Agora com os estúdios da Vera Cruz, finalmente a direção da Band poderá realizar o velho sonho de retornar à teledramaturgia.

Mas, por enquanto, nada além disso. Só vontade mesmo.

 

É por aí

Nenhuma medida prática, pelo menos até aqui, foi tomada sobre esse desejo da Band em ativar a produção de séries. Novela, por enquanto, nem passou pela cabeça.

De qualquer forma, quando isto vier a ocorrer, não será um trabalho que ela pretende realizar sozinha. Mas sempre em esquema de parceria.

 

Boa vizinhança

Em alguns casos, ou para algumas TVs, essa é uma situação terminantemente proibida.

Nem sei se na própria Band também, mas o Neto, em seu programa, não cansa de se referir a companheiros de outras emissoras. Dia desses, por exemplo, fez questão de elogiar o profissionalismo e competência de Ana Thaís Mattos, do SporTV. E ela merece.

(Ana Thais Matos – Crédito: Divulgação)

 

Tem isso

O acabamento, claro, foi um pouco diferente, mas sobre essas mudanças de cor no logo da Globo, o SBT, no passado, fez algo parecido.

Era para explicar a classificação indicativa de cada programa.

 

Para o altar

A Endemol Shine já se movimenta para a segunda temporada de "Casamento às Cegas Brasil" para a Netflix.

Mais uma vez, serão cinco homens e cinco mulheres, com apresentação de Camila Queiroz e Klebber Toledo.

 

Falta de jeito

Se vai ficar assim ou não, ou se tudo o que foi anunciado será mantido, é difícil saber. No entanto, estão bem expostas as feridas provocadas pela Band na escala de transmissão para o Mundial de Clubes.

Broncas e ressentimentos, até com a possibilidade de desagradáveis desdobramentos. Deixou feridas.

 

Bate – Rebate

 

  •       Nas vinhetas de fim de ano do SBT e da Globo, duas ausências são notadas...
  •       ...Na primeira, Silvio Santos, que foi inserido via animação...
  •       ...Na outra, Fátima Bernardes, que se recuperava da cirurgia no braço e não pôde participar das gravações em outubro. 
  •       Letícia Braga, Duda Matte, Fernanda Rodrigues, Emílio Orciollo Netto e Giuseppe Oristanio estão no elenco do filme "Meninas Não Choram", de Vivianne Jundi....
  •       ...Um drama sobre o universo da leucemia em crianças. Lançamento no próximo ano.
  •       Agora longe da TV, após o encerramento do contrato na Globo, George Sauma vai de cinema...
  •       ...Ele está no longa “Meu Nome é Gal”.
  •       Direção da TV Cultura estuda mudanças na grade de programação para o próximo ano...
  •       ...Mas não serão tantas assim. Há o entendimento de que tudo tem funcionado de forma bem satisfatória.

 

C´est fini

 

Todo mundo esperava pela volta do Pedro Bial aos estúdios da Globo, no retorno de suas exibições, agora em 2022.

Mas não. Já existe a decisão que ele seguirá trabalhando remotamente.

 

Então é isso. Tchau!

Comentários
×