Sede meus imitadores!

JONAS ABIB

Sede meus imitadores!

“Sede meus imitadores, irmãos como eu sou de Cristo”  1Cor 11,1). Veja a ousadia de Paulo, mas era isso mesmo que ele queria dizer. “Façam, como eu faço, falem como eu falo, realizem como eu realizo, reajam como eu reajo.”

Pai e mãe precisam ser exemplo para os seus filhos, especialmente nesses tempos difíceis que nós estamos vivendo. É preciso que seja assim. E isso vale para todos nós, formadores em qualquer plano, numa comunidade, por exemplo, como é a Canção Nova. É uma obrigação eu dizer aos meus filhos na Canção Nova: sede meus imitadores!

Aquilo que São Paulo diz é o que nós precisamos dizer. Nós, os padres, precisamos dizer aos nossos fiéis. Os religiosos precisam dizer aos seus fiéis, irmãos: sede meus imitadores. Meus irmãos, é assim que Jesus quer que a coisa aconteça. Oxalá, assim acontecesse sempre, e intensamente.

Eu e você somos cidadãos do Céu! Nós aguardamos o Senhor Jesus Cristo e, por isso, nossa vida precisa ser totalmente diferente. “Ele transformará o nosso corpo humilhado e o tornará num corpo semelhante ao Seu corpo com poder que tem de sujeitar assim todas as coisas” (Fl 3,21).

Pela graça de Deus nós vamos ser transformados. É graça, presente de Deus! E depois, no fim dos tempos, todos aqueles que são do Senhor, serão levados juntos, uma multidão de pessoas, para o Céu. É por isso que precisamos fazer aquilo que Paulo falou: “Sede meus imitadores”. Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo!

 

[email protected]

Comentários
×