Secretário anuncia segunda dose de reforço para idosos com mais de 70 anos

Abril será o mês da variação, definiu o secretário de Estado de Saúde (SES-MG), Fábio Baccheretti, em coletiva na manhã desta sexta-feira, 1º. O objetivo é iniciar a aplicação da segunda dose da vacina pediátrica e da quarta dose para idosos com mais de 70 anos e a vacinação contra a Influenza (gripe) — que começa na próxima semana. Com isso, o secretário espera anunciar, em 1º de maio, a desobrigação do uso de máscara em todo o estado. 

— Com a queda de casos que estamos prevendo e o aumento da vacinação poderemos iniciar, em maio, a normalização da vida (...) e vira de vez essa página da pandemia. (...) maio será o último mês para encerrar esse momento crítico da pandemia para normalizarmos nossa vida  — avalia o chefe da pasta.

Inclusão

O secretário também anunciou a aplicação da quarta dose (segundo reforço) em idosos acima de 70 anos — anteriormente era apenas para aqueles com mais de 80. Segundo Baccheretti, o Estado tem doses disponíveis para lidar com a demanda.

Ele ainda afastou as informações inverídicas sobre a necessidade da dose de reforço significar a ineficácia das vacinas.

— É comum de qualquer vacinação a imunidade se perder com o tempo, especialmente em imunodeprimidos e idosos, isso não tem a ver com a vacina — destacou. 

Atual cenário

Durante a coletiva, o secretário disse que a subvariante da ômicron BA.2 já circula no estado, porém não há registro de piora dos indicadores. Hoje, afirmou, não há pacientes na fila de espera do SUS Fácil por um leito de CTI. 

— Isso confirma que as pessoas estão adormecendo muito menos e com sintomas leves — conclui. 

Ele lembrou que o estado já chegou a ter mais de 800 pacientes na fila. 

Comentários
×