Saúde promove amanhã mutirão de multivacinação

Divinópolis registrou mais de 700 novos casos de Covid-19 na última semana

 

Da Redação

Está marcado para amanhã, de 8h às 16h, mais um mutirão de vacinação. A ação, realizada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), tem o objetivo de aumentar a cobertura vacinal contra covid-19 e outras doenças. O mutirão será realizado no Centro de Atendimento ao Cidadão (CAC), na avenida Getúlio Vargas, 121, na região Central.

Mutirão

De acordo com a Prefeitura, o mutirão também oferecerá vacinação contra covid-19 para crianças de quatro anos.

— Durante a campanha, serão ofertadas as diversas vacinas contra a covid para aqueles que ainda não iniciaram ou completaram o esquema básico de vacinação. Além disso, as doses de reforço serão distribuídas. A novidade é que este mutirão vacinará crianças de 4 anos, além de todos os outros grupos já amplamente divulgados — informou, em nota.

O mutirão também terá disponibilidade da vacina contra gripe para pessoas acima de seis meses.

— Estarão disponibilizadas também as demais vacinas existentes, para aquelas pessoas que precisam atualizar a caderneta de vacinação, como vacina de hepatite B, tétano, febre amarela, dentre várias outras — detalha.

Importante

O coordenador da Central de Imunização, Tércio Leão, destacou a importância do mutirão para o aumento da cobertura vacinal.

— É uma excelente oportunidade para atualizar a caderneta de vacinação e para se proteger. É muito importante que as pessoas levem o cartão de vacinas e a documentação pessoal — ressalta.

Todas as pessoas acima de 12 anos podem receber a primeira dose de reforço contra a covid-19 se já tiverem recebido a segunda dose quatro meses antes. 

— Os trabalhadores da saúde ou pessoas com mais de 40 anos de idade já estão aptos para tomar a segunda dose de reforço (4ª dose) após 4 meses da terceira dose — acrescentou a Semusa em nota.

Nova faixa etária

A inclusão das crianças de quatro anos na vacinação contra a pandemia começa hoje. O imunizante Coronavac será utilizado. Em nota, a Semusa divulgou os postos de saúde que vão participar da imunização.

— Belvedere, Bom Pastor, Ermida, Ipiranga, Nossa Senhora das Graças, Nações e Niterói.  A imunização dessas crianças também estará disponível no mutirão de vacinação — relata.

Ainda conforme a Semusa, a recomendação é que a imunização das crianças seja feita de forma gradativa devido ao baixo estoque. No entanto, já há previsão para a vacinação de crianças de três anos

— Em razão das dificuldades de se conseguir relatórios médicos para comprovar as imunodeficiências dessas crianças, o Comitê de Vacinação decidiu iniciar a vacinação pelas crianças de 4 anos, independente se for imunossupressão ou não e, posteriormente, para as crianças de 3 anos — explica.

Números

Os dados do boletim epidemiológico, divulgado ontem pela Semusa, mostram que o município já tem 40.867 casos confirmados, sendo 17.946 em homens e 22.921 em mulheres. A reportagem fez um levantamento e verificou que Divinópolis registrou 706 casos de covid-19 nos últimos sete dias. 

A cidade ainda registrou 173.353 casos notificados, sendo 74.453 em homens e 96.900 em mulheres. 39.830 casos de recuperação foram confirmados, assim como 5.483 casos foram descartados. O número de mortes permanece o mesmo: 721.

Hospitalizações

A pasta também divulgou que 10 pessoas estão internadas entre os 46 disponíveis no setor de UTI, o que equivale a 21,74% de ocupação. A taxa é de 30,14% no setor de enfermaria. São 22 leitos ocupados entre os 73 totais do município.

O Complexo de Saúde São João de Deus registra um caso no CTI adulto da área suplementar e três casos no CTI adulto na área atendida pelo SUS. O setor infantil conta com dois casos. O Hospital Santa Lúcia registra três internações. O São Judas Tadeu e o Santa Mônica têm uma internação no CTI adulto.

Enfermaria

O Complexo de Saúde São João de Deus tem seis internações no setor da enfermaria na área suplementar, além de seis casos na enfermaria adulta e um na infantil da área atendida pelo SUS. 

Nos demais hospitais, o São Judas registra uma internação. O Santa Mônica conta com um caso na ala infantil. O Santa Lúcia tem quatro registros. A UPA registra três internações por covid-19 em suas enfermarias com a adição de um leito.

 

Comentários
×