São Bento Menni se posiciona sobre médico que descumpriu medida protetiva

Clínica nega que profissional faça parte de cargo administrativo na unidade e que não comenta conduta pessoal

Da Redação

A Clínica São Bento Menni se manifestou por meio de nota, no fim da manhã desta terça-feira, 14, sobre um caso de polícia envolvendo um médico que atua na unidade de saúde. A manifestação veio após um órgão de imprensa local ter publicado que o psiquiatra é vice-diretor na clínica e que ele foi preso no fim de semana por descumprir medida protetiva no último sábado.

Na nota, o Bento Menni informa que o profissional médico referenciado na reportagem como ‘vice diretor’ da instituição não mais ocupa qualquer cargo administrativo perante a diretoria ou mesmo outro órgão administrativo e que não comenta conduta pessoal de profissionais atuantes em seus quadros, próprios ou terceirizados.

Reitera, oportunamente, que repudia qualquer tipo de violência bem como confia plenamente na isenção e na correção da atuação judicial e das demais autoridades competentes para a solução civilizada e justa de conflitos.

Postura

Encerra, afirmando que, caso haja algum reflexo da postura pessoal em sua atuação profissional, tal episódio será criteriosamente apurado no âmbito interno da instituição que adotará, conforme o caso, após o devido processo legal, pleno exercício da ampla defesa e do contraditório, as medidas que compreender cabíveis conforme seus estatutos e preceitos basilares da instituição.

Comentários
×