Recomeçar, uma cultura necessária

A vida é feita de ciclos, de fases e de recomeços. Quando nos vemos em alguma situação que parece ser o fim, parece que tudo acabou, temos o costume de jogar a toalha, acreditar que perdemos a única oportunidade, ou a melhor oportunidade que tínhamos de sucesso na vida, mas, se olharmos pelo ponto de vista de que pode ser uma chance de mudar a perspectiva, os objetivos, as parcerias e até mesmo as companhias, podemos ganhar uma força e energia necessárias para recomeçar, se permitir recomeçar profissionalmente, socialmente ou afetivamente é o primeiro passo.

Se você refletir a fundo, o mundo externo é como uma ilusão de ótica. A verdade mesmo existe dentro de cada um. 

Repensar a forma de viver é também se conhecer cada vez mais, buscar os sinais que a vida nos manda e estar atento a eles. Para, assim, encontrarmos as respostas que estão o tempo todo, dentro de nós. E de tanta imensidão que somos, encontramos também nesse processo a nossa força interior. E quando começamos esse processo de autoanálise, de encerramento e início de ciclos, desligamos o piloto automático e nos tornamos realmente donos da nossa realidade. Compreendemos melhor o tempo e o momento. E é só entendendo a natureza que a gente consegue entender um pouco mais o nosso ser.

Mesmo que tudo pareça perdido em certo momento, acredite, sempre haverá o que fazer. Existem muitas histórias de pessoas que se reinventaram e reescreveram suas próprias vidas. Serve como inspiração. Mas, tudo se resumirá verdadeiramente a quanto você está disposto a recomeçar.

 

Alguns poemas, frases ou pensamentos sobre o tema

É preciso sofrer depois de ter sofrido, e amar, e mais amar, depois de ter amado.Guimarães Rosa 

(Guimarães Rosa)

 

Quando vier a se abalar

A derrota ou a queda lhe afetar

Há de se considerar

A oportunidade para se recomeçar

(Welber Tonhá)

 

Nada jamais continua,

Tudo vai recomeçar!

(Mario Quintana)

 

Por fora, já desistiu. Por dentro, sempre descobre alguma desculpa para recomeçar.

(Fabrício Carpinejar)

 

Mulher, ó mulher,

Pudesse eu recomeçar este mundo,

inventaria de criar-te primeiro,

e somente depois retiraria Adão de tuas costelas.

(Padre Fábio de Melo)

 

Chego a chorar, manso de tristeza. Depois levanto e de novo recomeço.

(Clarice Lispector)

 

Todas as manhãs somos abençoados com a sublime dádiva do recomeço, com as possibilidades e surpresas que um novo dia nos reserva. Sejamos gratos!

(Edna Frigato)

 

E recomeçar é doloroso. Faz-se necessário investigar novas verdades, adequar novos valores e conceitos. Não cabe reconstruir duas vezes a mesma vida numa só existência.

(Caio Fernando Abreu)



Tributo a Guimarães Rosa

Acontecerá, na sede da Academia Divinopolitana de Letras (ADL), no dia 19 de novembro, a partir das 8h30, um tributo à Guimarães Rosa. Anote em sua agenda e prestigie.

 

Continuamos a falar um pouco sobre os prefeitos na história de nossa cidade. Agradeço o acesso a essa pesquisa ao amigo Marcos Crispim do Arquivo Público de Divinópolis.

 

21ª. Gestão - Luiz Fernandes de Souza - (31/01/1955 a 31/01/1959)

ELEITO. Vice-prefeito: Oribes Batista Leite.

Natural de Cabo Verde (MG). Filho de José Fernandes Souza e Maria Bueno de Souza. Esposa: Maria de Lourdes Pimentel. 

Principais realizações: construção de muitos grupos escolares e da ponte sobre o córrego Catalão; serviços de calçamento, água e esgoto; abertura de rios e urbanização.

 

Tem pauta sobre cultura? Envie para [email protected]

Welber Tonhá e Silva

Imortal da Academia Divinopolitana de Letras, cadeira nº 09

Historiador, escritor, pesquisador, fotógrafo e fazedor cultural.

Instagram: @welbertonha

Comentários
×