Quanto você foge?

Caros leitores, quanto você foge? Quanto você deixa de viver, de fazer algo por medo, insegurança? Quantas coisas você não fez e não faz sem nem mesmo saber porque?  Medo de avião, elevador, dirigir, se relacionar, falar em público, confiar, empreender, crise, doenças, ser rejeitado, ser traído, ser abandonado, não ser bom o suficiente, não agradar o outro, não ser feliz, errar, fracassar...

Quantas coisas abrimos mão de poder viver, quantos traumas, crenças e medos, quanta insegurança, quantos não fazem por se acharem novos demais, quantos outros por acharem que já são velhos demais, como se existisse uma idade para realizar seus sonhos, sempre condicionado seus objetivos a fatores que impedem de realizar!

E se você pudesse mudar essa realidade, estaria disposto? Se o medo na sua vida realmente fosse só um alerta, mas não algo que te paralisa e te impede de ser feliz? Você sabia que muitas pessoas têm medo do sucesso? E não prosperam devido a esse medo que nem sabem que têm? Quanta oportunidade perdida fugindo de coisas que poderiam, sim, ser ressignificadas.

Temos níveis neurais que são responsáveis pela nossa mudança, nossa transformação... Ambiente, comportamento, crenças e valores, identidade e espiritualidade. Entendendo como que cada um influência, manipula e controla nossa vida, sabendo qual é a nossa visão de mundo, porque agimos da forma que agimos, onde frequentamos, como enxergarmos nossos problemas e desafios fica bem mais fácil ter a via que tanto sonhamos e merecemos, mais como o medo ainda atrapalha pessoas, medo de lembrar do passado, medo de se abrir, medo de ser ela mesma, medo de buscar ajuda achando que é uma pessoa fraca. Por isso, buscar ajuda não é fraqueza, é força, é coragem de enfrentar você mesmo. Quando você se conhece, vê que precisa enfrentar não os problemas externos, não são eles que te impedem de alcançar a vida que deseja. É aí dentro de você, é o interno que te impede, que te paralisa e não permite que você chegue onde quer chegar...

Se você tem algum sonho, transforme em objetivo, busque ele, lute por ele, alcance ele... independente da sua idade, de onde você veio ou está agora, independente da sua situação financeira, ou do que os outros pensam... e se alguém o disse que você não pode, você não dá conta, lembre-se: esse limite é dela e não seu...  e se for o seu limite, ultrapasse... é só uma crença que faz você pensar que não consegui.

Termino essa coluna com a frase de Enry Ford: “Se você acha que pode ou que não pode em ambos os casos você está certo”! “Tudo começa no que você acredita, então acredite mais em você, busque o autoconhecimento, busque sua força, busque ser o melhor nas condições que você tem pra ter ainda mais condições para fazer algo melhor ainda”. (Sérgio Portella)

Hoje palestrarei no Hotel Caimam, ao lado de Ricardo Fabry, com o tema: “Assumindo o controle”. As vagas se esgotaram na semana passada. Fico mega feliz por saber que as pessoas têm buscado sempre crescer. Estamos em constante evolução e sempre podemos aprender. Contamos com a presença e apoio de algumas empresas de Divinópolis sendo eles: Rede Agramax Vistorias, Chocolates Avellar, Luiz Pizza e Salgados, Loja Teoria e Oral Sin. Todos os alimentos arrecadados serão doados para o projeto Ação e Amor. Devido ao sucesso, marcaremos outra em breve e será um prazer ter você também conosco! 

Karina Andrade

Mentora - Coach

( 37) 9.9153-0010

 

Coment√°rios
×