Procuram-se prefeitos

CREPÚSCULO DA LEI – ANO IV – CLXIII 

 

PROCURAM-SE PREFEITOS

  1.  Que não sejam ridículos;
  2.  Que admitam seu dever de governar para TODOS no município, conforme juramento;
  3.  Que conheçam a Constituição e a obedeçam;
  4.  Que saibam de sua obrigação de dar prevalência aos direitos humanos;
  5.  Que se admitam como “empregado do povo”, que obedeçam ao povo sabendo que o povo também é composto por gays, lésbicas, travestis, prostitutas, e que todos possuem famílias – que também pagam pelo seu trabalho;
  6.  Que tenham convicção do alinhamento municipal na construção de uma sociedade livre, justa e solidária;
  7.  Que tenham conhecimento no seu papel na promoção do bem-estar social, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade ou qualquer forma de descriminação;
  8.  Que reflitam sobre a grandeza dos afrodescendentes, das comunidades tradicionais e das respectivas multiculturas, tão legítimas quanto qualquer outra;
  9.  Que saibam da importância dos quilombos e dos quilombolas;
  10. Que saibam da parcela municipal no compromisso de erradicação da pobreza, da marginalização e da redução das desigualdades sociais;
  11. Que saibam que todos têm direito à informação e ao debate;
  12. Que saibam que todos têm o direito de resposta proporcional ao agravo;
  13. Que não se esqueçam de que toda propriedade deve atender à sua função social;
  14. Que entendam que o município respira pelas suas vias, ruas, parques e praças;
  15. Que saibam que o município pulsa no seu meio ambiente, no seu saneamento básico e na gestão do seu ecossistema; 
  16. Que saibam da priorização da saúde e do ensino fundamental no município;
  17. Que compreendam que as crianças precisam chegar até a escola e dela se alimentarem, pela mente e pela boca;
  18. Que não autorizem a ajuntamento de milhares de pessoas em tempos de pandemia;
  19. Que organizem os transportes públicos em conformidade com a as carências e necessidades locais;
  20. Que protejam o patrimônio municipal, principalmente o histórico e cultural;
  21. Que compreendam que nenhuma religião foi feita para perseguir e humilhar;
  22. Que compreendam que o mal é o que sai da boca do homem;
  23. Que saibam que nem só de pão vive o homem, mas do espírito que vem do exemplo da fraternidade.

 

[email protected] 



Comentários
×