Prisões marcam virada do ano

2022 começou com morte de suspeito de assalto e prisões

Da Redação

O ano começou em Divinópolis com uma série de apreensões. No sábado, 1°, um homem, de 55 anos, foi preso no bairro Santa Rosa. Ele é suspeito de tráfico de drogas. Em sua residência, a Polícia Militar (PM) encontrou seis pedras de crack. Segundo denúncia anônima, o homem também escondia drogas no telhado de casa, onde os militares localizaram uma balança de precisão. O suspeito, com passagem por tráfico de drogas, foi conduzido à delegacia.

No dia seguinte, outras três prisões. A primeira ocorreu por falsa comunicação de crime. De acordo com a PM, o suspeito, um homem, de 21 anos, acionou a Base Comunitária da Praça da Bíblia e afirmou que seu celular havia sido roubado por indivíduos desconhecidos em via pública.

— Os militares então analisaram cuidadosamente o relato e descobriram incoerências na história. Indagado, o jovem, então, confessou que havia deixado o celular cair no chão e o aparelho sofreu diversos danos — detalhou a PM.

O registro da ocorrência seria utilizado para acionar o seguro. Ele foi preso e conduzido à delegacia.

A segunda prisão do dia refere-se a um homem, de 30 anos, no bairro Porto Velho, durante batida policial nas proximidades do campo do Guarani. Ele é suspeito de tráfico de drogas por estar em posse de uma pedra de 22 pedras de crack e uma munição calibre 38. O homem, que já possui passagem por furto e roubo, foi levado à delegacia, juntamente com o material apreendido.

No fim da tarde, a PM prendeu um terceiro homem, de 21 anos, no Centro da cidade. Ele é investigado por tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e munições, receptação e adulteração do sinal identificador de veículo. Segundo informou o órgão, o jovem conduzia um Toyota Corolla clonado em alta velocidade. 

— Após as buscas no carro, foi localizado um revólver calibre 38, marca Rossi, sem registro. Foi levantada suspeita acerca da situação do veículo e, após verificação, constatou-se que o carro estava com placas de outro veículo. O Corolla abordado havia sido roubado no bairro Alphaville, no dia 24 de novembro — detalhou.

Os militares se deslocaram, ainda, à residência do suspeito, onde localizaram e apreenderam dois invólucros de maconha, quatro porções de haxixe, um comprimido de ecstasy, uma balança de precisão e seis munições calibre 38 intactas. 

 

Nova Serrana

Em Nova Serrana, o fim de semana também foi movimentado. Logo no primeiro dia do ano, três pessoas foram presas em duas ocorrências distintas. O primeiro, de 33 anos, é suspeito de assaltar um posto de combustível no bairro Santa Clara. Ele foi localizado, abordado, preso em flagrante e encaminhado à delegacia. Os militares apreenderam um celular e recuperaram o dinheiro obtido durante o crime.

Os outros dois homens, de 21 e 26 anos, são suspeitos de tráfico de drogas no bairro Laranjeiras. Após denúncias, militares abordaram um dos indivíduos, que estava em posse de 26 papelotes de substância análoga a cocaína. Ele revelou a localização do companheiro, presente da Comunidade de Ripas. No local, o segundo denunciado também foi preso com uma balança de precisão e 38 papelotes da mesma substância. Ambos foram presos em flagrante e conduzidos à delegacia de Polícia, bem como o material apreendido.

O dia também ficou marcado pelo primeiro homicídio de 2022 na cidade. Um homem, sem idade divulgada oficialmente, morreu após levar quatro disparos de arma de fogo, sendo dois no rosto. O suspeito do crime, que fugiu, é o padrasto da namorada da vítima. Segundo o relato de testemunhas, a vítima tentou se esconder em casa, mas não conseguiu se proteger dos disparos. A PM informou que ambos possuem passagens policiais. 

No dia seguinte, 2, um adolescente, de 16 anos, foi apreendido por suspeita de tráfico, no bairro Concesso Elias. Durante abordagem policial, os agentes encontraram na bermuda do jovem uma bucha de maconha, dinheiro e celular. Na residência, outras 18 buchas de substância análoga a maconha também foram apreendidas. 

Ele foi encaminhado à PC.

 

Comentários
×