Presidente da Câmara e líder do governo trocam acusações

O líder do Executivo na Câmara, Edsom Sousa (Cidadania), divulgou, na noite desta segunda-feira um vídeo em que se defende das afirmações do presidente da Casa, Eduardo Print Jr (PSDB). Em entrevista ao Portal Gerais, Print afirmou que Edsom "a cada minuto que passa, arruma um jeito de dificultar o andamento da comissão" ao propor mudanças na composição da CPI. O chefe da Mesa Diretora se refere à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), instaurada a pedido de Ademir Silva (MDB), para apurar possíveis irregularidades em contratos firmados pela Secretaria de Educação (Semed).

Em defesa, Edsom aponta que a apuração dos fatos ainda não começou devido ao feriado.

— Entre eu e o senhor tem um abismo muito grande. O senhor, quando foi líder do governo Galileu [MDB], foi presidente de uma Comissão Processante de impeachment. A diferença é essa: enquanto eu quero transparência, (...) você não quer acatar — afirmou Edsom Sousa. 

Para ele, o presidente foi, no mínimo, "desrespeitoso".

Em entrevista ao Agora na última semana, o requerente da comissão, Ademir, afirmou que a troca de membros — saída de Josafá (Cidadania) e entrada de Flávio Marra (Patriota) e Lohanna (PV) — atrasou o início dos trabalhos, que devem ser iniciados nesta semana.

Comentários
×