Presidente da Câmara confirma votação de denúncia contra Espino para a próxima terça

Votação não será amanhã pelo prazo de convocação dos suplentes

Da Redação

A denúncia protocolada por Flávio Marra (Patriota) contra Diego Espino (PSC) por infração político-administrativa por quebra de decoro parlamentar terá sua admissibilidade votada na próxima terça-feira, 12, na Câmara. Na oportunidade, os vereadores decidem se aceitam ou não a denúncia. É necessária apenas maioria simples dos votos. 

A deliberação não acontecerá amanhã, 7, devido ao prazo de 24h necessário para convocação dos suplentes de Marra e Espino, que não votam. 

Os vereadores mencionados como testemunhas na denúncia são: o presidente da Câmara, Eduardo Print Jr (PSDB), Ana Paula do Quintino (PSC), Edsom de Sousa (Cidadania), Hilton de Aguiar (MDB), Josafá (Cidadania), Rodrigo Kaboja (PSD), Eduardo Azevedo (PSC) e Lohanna França (PV). 

Caso seja aceita, por conflito de interesse, apenas Ademir Silva (MDB), Israel da Farmácia (PDT), Ney Burguer (PSB), Rodyson do Zé Milton (PV), Roger Viegas (Republicanos), Wesley Jarbas (Republicanos) e Zé Braz (PV) podem fazer parte da Comissão Processante, a ser formada para apuração das denúncias e coleta dos depoimentos.

 

Comentários
×