Prefeitura tenta reverter baixa procura por vacina

Imunização no período da noite começou ontem; objetivo é ampliar acesso aos imunizantes

 

Da Redação

Divinópolis segue em busca de ações para reverter o quadro de baixa procura por vacinas contra a covid-19. Uma das medidas entrou em vigor ontem: a imunização no período da noite. 

A decisão de abrir todos os postos de Saúde na Hora [com funcionamento até as 22h] foi justamente essa, dar mais oportunidades para os adultos se vacinarem — explicou o Executivo.

Outra medida entra em vigor hoje: a vacinação de crianças de 6 a 11 anos sem cadastro. Ao Agora, a Prefeitura confirmou que continua baixa a procura por vacinas pediátricas nos postos de saúde. Diante do indicador preocupante, a partir desta sexta, pais podem levar as crianças para se vacinar sem a necessidade de cadastro prévio no site oficial da Prefeitura. 

A procura pelo agendamento estava baixa, por isso decidimos, a partir de amanhã [hoje], retirá-lo para que possamos verificar se a procura aumenta — justificou.

Os documentos seguem obrigatórios. 

— A Semusa pede que os pais levem os filhos no horário do agendamento para evitar filas e aglomerações e que não se esqueçam de levar o cartão de vacina da criança, Cartão SUS e a carteira da sua unidade de saúde. A utilização de máscaras é obrigatória para todos — orienta.

As unidades de saúde que aplicam as doses são: Belvedere, Bom Pastor, Ermida, Ipiranga, Nações, Niterói, Tietê, Serra Verde, Nilda Barros, Nossa Senhora das Graças e Candidés. O horário de funcionamento é das 8h às 16h.

 

Melhora

Em ambos os casos, a expectativa é ampliar o acesso das pessoas aos imunizantes e melhorar os índices de vacinação no município.

Estamos com uma expectativa muito boa com essas estratégias — avalia o Executivo.

 

Sem fatalidades

Sem novas mortes confirmadas, Divinópolis segue com 695 óbitos por covid-19 desde o início da pandemia. Ao todo, 28 mil casos da doença já foram confirmados. 

 

Nova queda

A ocupação hospitalar dos leitos exclusivos para covid-19 segue em queda. Atualmente, 17 pessoas estão internadas nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI), entre os 41 leitos disponíveis na cidade para pacientes com covid-19, o que equivale a 41,56%. No setor de enfermaria, a taxa é de 43,66%, com 31 leitos ocupados entre os 71 totais do município.

— Nas Unidades de Terapia Intensiva, o Complexo de Saúde São João de Deus registra sete casos de covid-19 em suas UTIs, todos adultos. No Hospital Santa Mônica foram registrados quatro casos no CTI adulto, com a inclusão de um leito extra, além de dois casos no CTI infantil, com inclusão de um leito extra. O Hospital Santa Lúcia registra quatro casos internados. No São Judas Tadeu não há internações neste setor — detalhou.

Comentários
×