Preço do pão e do café nas alturas

Primeira refeição do dia está pesando no orçamento e pode ficar ainda mais salgada

Jorge Guimarães 

O café da manhã dos brasileiros ficou bem mais caro neste início de ano. Quem costuma passar na padaria para tomar o café da manhã ou mesmo comprar no supermercado para levar para casa, notou um aumento nos preços nos últimos meses e tem gastado mais para adquirir o pão. Além das altas nos produtos, há diferenças de preços entre os concorrentes, conforme consumidores que estão  pesquisando antes de comprar.

 

Café

Como uma paixão nacional, o café faz parte do cotidiano de muitos brasileiros. Mas está pesando cada dia mais no bolso. E para o consumidor assíduo das lanchonetes logo pela manhã, antes de pegar no batente, os preços subiram, em certos lugares, em 50%.

—  Eu sempre tomo café em uma quitanda perto de casa. Lá, antes do trabalho, ao lado dos amigos, o cafezinho e o pão de queijo formam as melhores companhias. Mas só que o bolso já está sentindo, até novembro o café saía a R$ 1, mas desde dezembro, foi para R$ 1,20. Enquanto isso, nas minhas idas ao Centro da cidade, o valor em alguns lugares, continuava em R$ 1,00. Mas a partir do início de fevereiro, o mesmo café passou para R$ 1,50 – disse o comerciário Gustavo Almeida.

 

Preço

Como o café é comercializado como commodities, tem seus preços cotados nas maiores bolsas ao redor do mundo – fator que implica diretamente em seu preço no mercado interno, sem falar nas condições climáticas, às vezes adversas. Tem ainda as embalagens, mão de obra, energia elétrica, frete e outros somatórios que dão o resultado final de preço ao consumidor.

Segundo o supermercadista e também proprietário de uma torrefação de café Gilson Teodoro do Amaral, o café que se consome hoje vem da última safra, que foi entre maio e junho passados. Conforme ele, as condições climáticas, principalmente as fortes geadas, queimaram muitas plantações e ocorreu quebra de safra. Explica ainda que,  como o produto é comercializado como commodities, em importantes bolsas do mundo como Nova York, Inglaterra e Japão, fica à mercê do mercado e, como lá fora o pagamento é mais alto, para o agricultor o melhor a se fazer é exportar. 

— Para se ter uma ideia, no ano passado, uma saca de café, de 60 quilos, custava entre R$ 700 e R$ 750. Hoje, é comercializada a R$ 1.600. E na configuração do preço final leva-se em conta que, de 60 quilos de café em grãos, depois de torrados e beneficiados ele representa 48 apenas, o que implica no preço final de comercialização do produto de acordo com as estratégias de vendas de cada empresa. Fala-se que o café pode chegar a R$ 40 o quilo nos próximos meses – avalia. 

 

Trigo

A safra nacional de trigo atingiu produção recorde em 2021, mesmo com adversidades climáticas durante o desenvolvimento da lavoura. E, apesar da maior disponibilidade  no mercado interno, a importação, principalmente com a Argentina, seguiu em alta no segundo semestre do ano passado e deve continuar sendo no decorrer de 2022.

— O trigo vem de um aumento crescente de um ano, só neste ano já subiu 10%. E isso reflete no macarrão, na panificação e, principalmente, na cadeia alimentar dos animais, onde o farelo de trigo está presente em quase todas as rações. E se reflete no animal, também na carne, no leite, ovos, tornando assim um dos principais itens na formação alimentar dos animais e do ser humano. Mas em referência ao preço do pão de sal, como exemplo, ele significa pouco mais de 10%, se somados a energia elétrica, mão de obra, ovos, fermentos e outros que vão culminar no preço final ao consumidor — explica Gilson Teodoro 

 

Supermercados 

A reportagem percorreu na manhã de ontem três lojas de redes de supermercados distintas. E mais uma vez ficou comprovado que o consumidor tem que fazer sua pesquisa antes de ir às compras. Enquanto numa loja o quilo do pão de sal era comercializado por R$ 12,78, em outras duas, o preço era R$ 9,98. Já para o pacote de 500 gramas do café moído os preços variavam, em uma loja, de acordo com a marca, entre R$ 13,48 e R$ 16,88. No outro estabelecimento, entre R$ 13,98 e R$ 15,98. 

Comentários
×