PM apreende 20 toneladas de sabão em pó falsificado em Pará de Minas

Da Redação

 

a Polícia Militar (PM) prenndneu essa semana, uma quadrilha suspeita de falsificar sabão em pó, em Pará de Minas. De acordo com a PM, na manhã da última quarta-feira, 15, após militares receberam uma denúncia de que havia uma movimentação estranha em uma possível fábrica clandestina de sabão em pó, no bairro Dom Bosco, foi montada uma operação por diversas viaturas da Polícia Militar, para realizar abordagem no endereço apontado pela denúncia.

Segundo a PM, no local as equipes depararam com um caminhão baú saindo carregado com 12 toneladas de sabão em pó. O condutor de 32 anos apresentou notas fiscais com indícios de falsificação e foi detido. Ainda conforme a Polícia Militar, durante as buscas pelo galpão foram abordados seis suspeitos, sendo todos do sexo masculino,  oriundos da cidade de Nova Serrana, de idades: 46, 31, 29, 37, 46, 19 anos. 

A PM realizou uma busca pessoal nos suspeitos, e todos foram detidos. A Polícia Militar informou que dentro do galpão foi localizado uma vasta quantidade de sabão em pó com embalagem da marca Brilhante e OMO totalizando aproximadamente 20 toneladas. De acordo com a PM, um suspeito, de 47 anos chegou repentinamente no local, conduzindo um veículo Fiat/Toro e confessou ser o responsável pelo local sendo detido junto aos outros.

Os suspeitos ralataram que o material não seria produzido no galpão, mas era originário do estado da Bahia e que eles apenas embalavam e destinavam para comércios da RMBH e do Rio de Janeiro. Foram localizadas ainda vasto material de contabilidade e diversas embalagens de sabão em pó das marcas Brilhante e OMO acondicionadas em caixas com descrição da fábrica detentora da marca original, uma linha de embalagem muito bem organizada com maquinários de primeira linha como esteiras industriais e uma empacotadora, uma empilhadeira que era utilizada pelos suspeitos foi apreendida, juntamente com o caminhão baú e outros dois veículos que estavam no local.

A Pericia Técnica esteve no local, e após a liberação do local, todo material foi apreendido e os nove suspeitos foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil de Pará de Minas.

Comentários
×