Pitangui anuncia programação especial para comemorar bicentenário do Brasil

Cidade celebra importância histórica da data e prepara cinco dias de celebração

 

Da Redação

No próximo dia 7 de setembro será comemorado o Bicentenário da Independência do Brasil. Nos seus 307 anos Pitangui, a antiga Sétima Vila do Ouro, também tem motivos para comemorar a data. De acordo com registros históricos, naquele 07 de setembro de 1822, Pitangui esteve representada pelo Padre Belchior Pinheiro de Oliveira, primo de José Bonifácio, no ato da Independência do Brasil. Padre Belchior foi um dos conselheiros de Dom Pedro I e, segundo registros, teria dito ao imperador: “Se Vossa Alteza não se faz rei do Brasil será prisioneiro das Cortes e, talvez, deserdado por elas. Não há outro caminho senão a independência e a separação”.

Essa inspiração à liberdade está registrada no Casarão que foi moradia do padre em Pitangui. Tombado pelo Patrimônio Histórico, o prédio abriga, atualmente, a sede da prefeitura de Pitangui. O corpo do padre Belchior de Oliveira está sepultado aos pés da Igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar, localizada na região Central de Pitangui.

Programação

Para marcar a comemoração, a prefeitura de Pitangui realizará uma extensa programação que inclui, entre outras atrações, desfile e encontro de bandas.

Domingo, 4 - 9h: Encontro de Bandas de Música (10 cidades mineiras, com presença da banda anfitriã Pitangui e também da Banda de Música da Polícia Militar), iniciando-se em frente ao Casarão Padre Belchior; seguindo para Igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar e posteriormente para a Capela de São Francisco de Assis;

Quarta, 7 - 9h: Desfile Ano da Liberdade (Bicentenário da Independência), iniciando-se em frente à Igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar;

Quinta, 8 - 19h: Missa na Igreja da Penha;

Sexta, 9 - 19h30: Culto Evangélico na Igreja Batista Manancial; 

Sábado, 10 - 9h, no salão de eventos do Haga Space: Culminância do projeto de educação patrimonial, parceria entre a Secretaria Municipal de Turismo, Cultura e Patrimônio Histórico, Secretaria Municipal de Educação.

Importância

Para a prefeita de Pitangui, Maria Lúcia Cardoso (MDB), a celebração é uma forma de valorizar a história.

— Nossa amada Pitangui, antiga Sétima Vila do Ouro, é berço de personagens ilustres da história política, econômica e cultural do país. Durante o processo de independência isso não foi diferente. Padre Belchior Pinheiro de Oliveira, primo de José Bonifácio, foi um conselheiro destacado de Dom Pedro I, estando com ele em momentos decisivos. Por essa estreita relação com a Independência do Brasil, Pitangui está em júbilo ao comemorar os seus 200 anos — destacou. 

 

Comentários
×