Pará de Minas: PM encontra fábrica clandestina de amaciantes

A Polícia Militar (PM) de Pará de Minas fechou, na madruga deste domingo, 1º, uma fábrica clandestina de amaciantes. Os agentes localizaram o local após denúncia de uma briga entre um casal na rua Araxá, na Vila Romualdo Pereira da Silva. Quando os militares entraram no local em busca de um dos suspeitos, encontraram, no fundo da casa, um galpão onde funcionava a fábrica que emulavam a marca "Comfort". 

— O galpão, que possui tamanho consideravelmente grande, estava equipado, aparelhado e instalado com linha de produção e maquinário, pronto para produção, além de diversas caixas, vasilhames, adesivos com instrução de uso e embalagens para envasar e acomodar o material, todos rotuladas com a marca “Comfort” — detalhou a PM.

No local, os militares conversaram com um homem de 56 anos e sua companheira de 48 anos. Ele relatou que era encarregado pela seleção e recrutamento de pessoal para trabalhar na produção.

Ainda no galpão, existe um alojamento, onde os agentes fizeram contato com cinco homens, que disseram ser funcionários da fábrica e alegaram não saber se tratar de uma falsificação. Eles ainda disseram que recebiam R$ 50,00 (cinquenta reais) por dia de serviço, que a empresa funcionava há cerca de quatro meses e seu proprietário seria um homem de Nova Serrana.

Os sete envolvidos foram presos e conduzidos à Delegacia da Polícia Civil.

Comentários
×