Ofuscou

Preto no Branco

Na convenção partidária do Patriota, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), a escolha dos candidatos ficou em segundo plano. O que chamou a atenção mesmo foi a discussão entre os vereadores de Divinópolis, Flávio Marra, membro do partido, e Diego Espino (PSC). O atrito entre os dois não é recente – Marra, inclusive, apresentou denúncia de quebra de decoro pedindo a cassação do colega. Desta vez, celulares (vários!) gravaram a cena de todos os ângulos. Durante o bate-boca, Marra incentivou Espino a confirmar que usou o carro oficial da Câmara. Em contrapartida, Espino acusou Marra de ser corrupto, que prontamente anunciou que o processaria pela fala. Agora, as vergonhas, usualmente restritas ao âmbito municipal, estão sendo estadualizadas. Exportamos política da pior qualidade: a do celular em uma mão e o dedo apontado na outra. A constrangedora cena viralizou, como esperado, e só surpreendeu quem não está acostumado à conturbada relação entre os dois, há tempos desgastada.

Convenções

As convenções partidárias em Minas Gerais continuam. Os partidos têm até 5 de agosto para realizar o evento e definir seus candidatos para esta eleição. Enquanto algumas siglas parecem já convictas de suas estratégias, outras ainda avaliam, nos bastidores, quais os melhores nomes e alternativas. E uma das incógnitas afeta Divinópolis, como é o caso do deputado estadual Cleitinho Azevedo, hoje no PSC. Cleitinho trocou de partido em março, quando deixou o Cidadania, para se juntar ao Partido Social Cristão, onde recebeu o compromisso de ser pré-candidato ao Senado. Em entrevista ao Agora, na época, o deputado revelou ter conversado tanto com a presidência nacional quanto estadual da sigla: a concorrência por uma vaga em Brasília, sob a ótica dele, era dada como certa. O cenário, no entanto, pode ser mais complicado. Voltam a circular informações sobre seu nome, com outros partidos supostamente tentando barrar a candidatura ou mesmo buscando uma aliança para uma chapa. Apesar disso, Cleitinho sempre reforça o desejo de ser candidato ao Senado e, para ele, “se eles, na época de convenção, não me derem essa oportunidade será mau-caratismo”, afirmou na oportunidade. Até o momento, o PSC ainda não anunciou a data de sua convenção. Em Divinópolis, o partido ainda deve lançar Eduardo Azevedo para deputado estadual. É uma das convenções para ficar de olho, pois pode afetar diretamente os candidatos da cidade

Cresceu, mas segue atrás

O governador Romeu Zema continua na liderança de intenções de votos para o Governo de Minas, mas a distância para Alexandre Kalil (PSD) se reduziu. A pesquisa Real Time Big Data, encomendada pela Record TV e registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o código PR-06745/2022, foi divulgada ontem. Romeu Zema aparece na liderança com 44%, seguido por Kalil (33%). A lista continua com: Carlos Viana (PL), 8%; Marcus Pestana (PSDB), 2%; Lorene Figueiredo (Psol), 1%; Vanessa Portugal (PSTU), 1%; Renata Regina (PCB), 0%. Brancos e nulos somam 6% e outros 5% não sabem ou não responderam. A expectativa do ex-prefeito de Belo Horizonte é ganhar mais terreno na corrida eleitoral durante sua caminhada pelo estado e, posteriormente, com a aliança a Lula (PT), pré-candidato à presidência. 

 

Comentários
×