AGORA lança “Além da Notícia”

Matheus Augusto

O público do Agora vai ganhar um novo serviço a partir da próxima semana, quando acontece a estreia da coluna de análise “Além da Notícia”. Ela será apresentada nas redes sociais do jornal (Facebook, WhatsApp e Instagram) em vídeos de um minuto postados às segundas, quartas e sextas-feiras, sempre às 10 horas. A apresentação ficará a cargo do analista político do Agora, Márcio Almeida, que deverá interpretar as principais notícias da política, da economia, da cultura e de outros aspectos relevantes para as sociedades de Divinópolis e região.

A nova coluna em vídeo foi criada pela diretora do Agora, Jane Faria, como parte da remodelação do projeto editorial. “O objetivo, que está sintetizado no título que demos a esse novo serviço, é traduzir para a população os principais fatos da política, da administração pública e de outras áreas que impactam diretamente os cidadãos e as cidadãs, sem que, às vezes, eles se deem conta de como a sua própria vida é modificada pelo que os homens e mulheres fazem ou deixam de fazer na vida pública”, explica a publisher.

“Além da Notícia” surge com os mesmos valores que têm pautado o trabalho da equipe do Agora: atenção prioritária ao que é socialmente relevante, apuração rigorosa dos fatos, isenção e pluralidade de visões. Segundo Jane Faria, dois desafios se colocaram diante da equipe ao planejar a nova coluna. Um deles é a brevidade do tempo. “Definimos por vídeos de um minuto de duração sabendo que o jornalismo contemporâneo deve se adequar à vida movimentada e cada vez menos sem tempo das pessoas”, conta.

O outro desafio a ser enfrentado pela nova coluna é o de explicar os fatos da vida pública de forma plenamente acessível ao público leigo. Aposta do Agora para contribuir com os demais esforços que o jornal realiza atualmente com o objetivo de elevar o nível analítico da cobertura e ir além do mero registro de fatos, a coluna “Além da Notícia” terá pautas definidas conjuntamente pela equipe do jornal, além da participação do público. “Sugestões podem ser enviadas à redação do jornal e serão bem-vindas”, diz Jane.

Comentários
×