Neta denuncia avô após abuso sexual e suspeito é preso em Itaúna

Crimes eram registrados há três anos, segundo a vítima

Da Redação

A Polícia Civil em Itaúna divulgou nesta quarta-feira, 19, a prisão de um idoso, de 70 anos, suspeito de estuprar a própria neta de 15 anos. A prisão foi realizada no início desta semana, após investigações que tiveram início com a denúncia da vítima, no dia 10 deste mês.

Ainda conforme a Polícia Civil, a vítima compareceu à delegacia e, em relato, disse que o primeiro abuso aconteceu há cerca de três anos, quando dormia na casa do avô paterno e acordou com ele esfregando as partes íntimas dele nela.

A adolescente contou ainda que, para ocultar o crime, o idoso a ameaçava constantemente dizendo que se alguém soubesse, mataria ela e todos os familiares. Dessa forma, o idoso continuou a violência sexual por diversas vezes até o mês de janeiro deste ano.

 Investigação

 O delegado João Marcos do Amaral Ferreira determinou a instauração de um inquérito policial e representou pela prisão preventiva do suspeito.

Ele foi localizado em casa e conduzido à delegacia. Logo após, foi encaminhado ao sistema prisional, onde se encontra à disposição da justiça.

Ao final do inquérito o investigado poderá ser indiciado por estupro de vulnerável cuja pena pode chegar a 15 anos de prisão.

Comentários
×