Motorista da caminhonete envolvida em acidente que matou Glauciara depõe

Fontes revelam ao Agora que suspeito é ex-servidor público e foi exonerado do cargo; irmão da vítima já respira sem aparelhos

 

Bruno Bueno

A morte de Glauciara Ribeiro, de apenas 17 anos, completa dez dias hoje. A jovem, finalista do concurso Rainha e Princesas da Divinaexpo, foi a vítima fatal de um grave acidente registrado no último dia 14, no cruzamento da rua Pernambuco com a avenida 1º de Junho. 

O acidente envolveu dois veículos: um carro popular (Fiat Uno) e uma caminhonete (Fiat Toro). Glauciara estava no carro menor com dois colegas (na frente) e seu irmão os dois, no banco de trás e arremessados para fora do carro. Os outros ocupantes tiveram apenas ferimentos leves.

O motorista da caminhonete, que segundo testemunhas fugiu do local, estava sozinho no veículo, que está no nome de uma mulher. De acordo com informações obtidas pela reportagem, ele prestou depoimento ao delegado de Trânsito na última sexta-feira, 20. 

 

Demissão

Fontes ouvidas pelo Agora relatam que S.O.M., condutor da Toro, é um ex-servidor que foi exonerado da Polícia Civil por suspeitas de práticas irregulares. Sua saída, conforme aponta publicação do Diário do Executivo Estadual, aconteceu após a conclusão de um Processo Administrativo Disciplinar feito pela Corregedoria da Polícia Civil em 2015.

— No exercício da competência prevista (...), bem como o que consta do Processo Administrativo Disciplinar nº 161.428/2012 instaurado pela Corregedoria-Geral de Polícia Civil, (...) acolhendo os fundamentos do relatório da Comissão Processante e a proposição do Corregedor-Geral da Polícia Civil, demite S.O.M, Investigador da Polícia Civil II do quadro de cargos de provimento efetivo da Polícia Civil do Estado de Minas Gerais, pela prática das transgressões disciplinares previstas (...) — consta a publicação.

 

O acidente

A batida ocorreu por volta das 2h em um local com câmeras do Olho Vivo. Por meio delas, a Polícia Militar (PM) confirmou que um homem dirigia a Toro e fugiu do local, mas foi identificado dias depois. O Uno teve a parte traseira praticamente destruída. Depoimentos dos envolvidos e de testemunhas que passavam pelo local já estão sendo colhidos pela Polícia Civil. 

 — As investigações prosseguem. Por imposição legal, conforme a PC, será mantido o devido sigilo para que não haja qualquer prejuízo às investigações. Os resultados serão divulgados oportunamente e o inquérito policial, assim que finalizado, será remetido ao Ministério Público e à Justiça — relatou o órgão em nota.

 

Melhora

G.R.P., irmão de Glauciara, deu entrada no Complexo de Saúde São João de Deus (CSSJD) em estado gravíssimo. De acordo com o Samu, ele estava inconsciente e apresentava múltiplas fraturas. 

O Agora obteve informações ontem à tarde de que o jovem de 25 anos apresentou melhora no quadro clínico. Ainda no CTI, segue estável e respira sem a ajuda de aparelhos. 

 

Despedida 

Glauciara era uma das finalistas do concurso Rainha e Princesas da Divinaexpo 2022. A competição começou com mais de 100 candidatas. Durante as fases eliminatórias, cerca de 50 não foram classificadas e restaram 48. Entre as finalistas estava a vítima que, inclusive, esteve presente no parque de exposição com as demais candidatas para festejar o aniversário de uma das organizadoras.

A organização do concurso emitiu uma nota de pesar e lamentou o ocorrido.

— Pedimos que Deus conforte toda a família, trazendo muita luz e paz neste momento de tanta tristeza. E tenho certeza que hoje mais uma estrela vai brilhar no céu, que estará iluminando com a sua luz e torcendo para a vitória de cada uma de vocês — disse a nota. 

Comentários
×