Morre Vera Epifânio, neta de João Epifânio

Em 2020, ela escreveu um artigo em livro homenageando o avô

Da Redação

Morreu nesta sexta-feira, 11, em Divinópolis, a professora vera Ephifânio, neta do Coronel João Ephifânio e irmã do ex- prefeito Lauro Ephifânio. Ela tinha 89 anos e era a neta mais nova de João e irmã de Chiquito, considerado o homem mais alto da cidade.  Vera fazia tratamento para anemia e em uma de suas idas ao hospital, contraiu, civid-19, se recuperou, mas tem uma recaída cerca de um mês depois. Familiares afirmam que a morte foi em consequência do vírus.

O velório ocorreu na Vila Vicentina até às 17h, depois, foi sepultada no cemitério do Centro.

O avô

João Ephifâni, homem que trouxe a sede da ferrovia para Divinópolis construída entre 1909 e 1916. Tinha amigos que também foram muito importantes para a cidade, como Afonso Pena.  

No livro 108 Anos da História de Divinópolis, idealizado por Welber Tonhá, Vera escreveu um artigo contando toda a história do avô e sua relação com Divinópolis.

Comentários
×