Moradores voltam a sentir tremores e Divinópolis contabiliza 13 abalos

Recorde de registros foi neste sábado; trepidações foram constatadas pelo Centro de Sismografia da USP

Da Redação

A terra voltou a tremer na tarde deste sábado, 15 em Divinópolis — já havia ocorrido abalos na madruga e pela manhã — e chegou a 13 registros em uma semana. Diversos bairros, especialmente da região Noroeste da cidade, como Icaraí, Lagoa dos Mandarins, Vila Romana e Vila Romana. No entanto, o tremor da última quinta-feira e os da madrugada deste sábado, foram sentidos em outras regiões do Município. Houve ainda novos registros na manhã e tarde deste sábado, num total de 6.

O primeiro foi registrado na noite da última segunda-feira, 10, e os outros 12 foram confirmados pela Rede Sismográfica Brasileira (RSBR). A magnitude, segundo Centro de Sismologia da USP em São Paulo, foi de 2.9 na Escala Richter. Os demais variaram entre menos de 2 e também 2.9.

Providências

O prefeito Gleidson Azevedo (PSC), a Prefeitura confirmou ao Agora nesta semana que a Prefeitura já entrou em contato com o Centro de Sismologia em São Paulo, para que profissionais venham
à cidade fazer uma avaliação. O objetivo é descobrir o que está por trás destes constantes abalos.   

Comentários
×