Minas Gerais: Retorno às aulas presenciais será obrigatório a partir de 3/11

Medida abrange as redes públicas e privadas de ensino de todo o Estado

Da Redação 

A volta das aulas presenciais não será mais facultativa nas redes de ensino públicas e privadas, a partir do dia 3 de novembro, em todo o Estado de Minas Gerais. A medida acaba, também, com a determinação de distanciamento adicional de 0,90 metro entre os alunos no ambiente escolar. Já para estudantes com condição de saúde de maior fragilidade à covid-19, comprovada com prescrição médica, o retorno será opcional. 

Decisão 

A decisão se deu nesta sexta, 22, pelo Centro de Operações de Emergência de Saúde (COES), da Secretaria do Estado de Saúde de Minas Gerais, que aprovou a 6ª versão do Protocolo Sanitário de Retorno às Atividades Escolares Presenciais 

Mesmo com a nova versão do protocolo, as recomendações já utilizadas, como uso de máscara e álcool em gel, limpeza periódica de todo o ambiente e o isolamento de pessoas infectadas pela covid-19, continuam em vigor.  

Segundo Fábio Baccheretti, secretário de Estado de Saúde, a decisão se deu pela redução de casos de covid-19 nas regiões mineiras.  

— Diante da melhoria constante dos indicadores relacionados à pandemia, com redução da incidência e do número de casos novos, redução também da internação e da ocupação dos leitos, o grupo técnico resolveu discutir mais uma vez o protocolo sanitário de retorno às aulas  afirmou o secretário.  

Baccheretti, ainda, complementou dizendo sobre o progresso da imunização no Estado.  

  Foram apresentadas várias justificativas, entre elas o crescimento da vacinação e o aumento do número de pessoas com duas doses recebidas. Os professores já estão todos vacinados e os alunos acima de 12 anos também já iniciaram o processo de vacinação — ressaltou.  

Quanto à exclusão do distanciamento adicional entre as carteiras, o secretário relata os protocolos sanitários utilizados pelas escolas como um fator para essa determinação. 

 Isso permitiu que o grupo técnico decidisse acabar com o distanciamento adicional entre as carteiras  finalizou. 

De acordo com secretária de Estado de Educação, Julia Figueiredo Goytacaz Sant'Anna, a volta presencial dos alunos para as escolas é importante e todas as orientações serão dadas a todos os envolvidos nos próximos dias. 

  Entendemos que a volta de todos os alunos para as escolas é fundamental para o fortalecimento do processo de aprendizagem e do vínculo com a escola, atuando de forma ainda mais efetiva para reduzir as defasagens no ensino e a evasão escolar dos nossos estudantes. A Secretaria de Educação vai dar todas as orientações necessárias aos gestores escolares para que eles informem às famílias, aos estudantes, professores e demais servidores das escolas como se dará essa nova etapa da nossa retomada presencial”, concluiu a secretária. 

Comentários
×