Medica divinopolitana é exemplo de empreendedorismo feminino

Dia Mundial é comemorado dia 19 de novembro; Marcella Rodrigues é médica ortopedista, especialidade dominada por homens

Da Redação

No dia em que se é comemorado o Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino, uma médica divinopolitana é pode ser citada como exemplo em um momento em que as mulheres conquistam cada vez mais espaço e se consolidam no mercado.  A médica Marcella Rodrigues se consolida em uma especialidade dominada por homens e segue firme como uma das poucas mulheres especialistas em ortopedia e traumatologia. Nas redes sociais, é possível perceber a paixão que ela tem pelos estudos, pela profissão, e por ensinar. A médica atua e mora em Divinópolis com consultório próprio. Mas não para por aí, também é professora e já acumula mais de 350 alunos em seu curso de Mão Expert, primeiro curso brasileiro de treinamento para a prova de título da Sociedade Brasileira de Cirurgia da Mão (SBCM), que já está na sétima turma.

Paixão e receio

A médica revela que ingressou na faculdade pensando em atuar como neurocirurgiã, mas no 6° período ao fazer a disciplina de ortopedia se encantou, e logo decidiu em atuar como ortopedista. No entanto, Marcella Rodrigues teve receio para tomar a decisão, pois a trata-se se uma especialidade dominada por homens, mas foi construindo sua segurança ao longo dos semestres.

E acertou na decisão, além de fazer o que ama, a ortopedista ganha admiração e se torna inspiração para muitos por onde passa. Sobretudo, exemplo de empoderamento feminino, mostra que mulheres podem e tem total capacidade para chegarem onde quiserem, inclusive ocupar cargos onde a maioria ainda prevalece o sexo masculino. A médica desenvolveu a sua luta e quebrou paradigmas. Além de médica, Marcella Rodrigues é também empreendedora e professora.  Ministra aula ministra aulas em seus quatro cursos.

– A ortopedia tem muitos homens por uma questão cultural e social. Sempre foi vista como uma especialidade bruta, com exigência de força e masculinidade. De fato, é uma especialidade muito objetiva e resolutiva, talvez isso leve muitos homens a quererem realizá-la. Mas as mulheres estão ocupando todos os espaços hoje em dia. A minha missão é mostrar como pode existir beleza, delicadeza e inteligência em uma especialidade conhecida por sua fortaleza e solidez – destacou Rodrigues.

A data

Dia 19 de novembro é comemorado o Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino, idealizado no ano de 2014 pela Organização das Nações Unidas (ONU) em colaboração com diversas instituições de todo o mundo que encorajam as mulheres a administrarem seus próprios negócios. O empreendedorismo feminino ganhou espaço nos debates públicos nos últimos anos. Contudo, o fato de as mulheres conquistarem seu espaço no mercado de trabalho já não é mais uma novidade. De acordo com dados do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), 24 milhões de mulheres abriram seus próprios negócios no país no último ano.

Primeira

Marcella Rodrigues é formada pela UFMG, especializada em ortopedia e traumatologia, área que cuida dos ossos, articulações e todo o sistema musculoesquelético. Especialista também em cirurgia de mão, Marcella foi a primeira médica ortopedista do Atlético Mineiro de futebol feminino.

– A ideia, porém, não é competir, e sim trabalhar junto com os homens no sentido de valorizar a especialidade e atender de forma cada vez mais humanizada os nossos pacientes – reforçou Marcella.

Comentários
×