Mais de 16 mil animais foram já vacinados contra raiva em Divinópolis

Na zona urbana, houve 12.005 imunizações

Da Redação

A Secretaria Municipal de Sáude (Semusa), pelo Centro de Referência de Vigilância em Saúde Ambiental (Crevisa), divulgou hoje, 27, o balanço da fase 1 da Campanha de Vacinação Antirrábica de 2021. A primeira etapa da vacinação na área urbana foi realizada no sábado, 25, e, na zona rural, o procedimento de imunização de cães e gatos aconteceu em uma única etapa no domingo, 26.

Ao fim da ação, a cobertura alcançou o total de 16.465 animais vacinados no município, sendo 15.018 cães e 1.447 gatos. Na zona urbana, houve 12.005 imunizações: 10.929 cães e 1.076 gatos. Nas comunidades rurais, 4.460 vacinações foram realizadas: 4.089 cães e 371 gatos.

Na primeira etapa, a campanha envolveu 170 agentes em 43 postos de atendimento fixos distribuídos nas regiões Central, Oeste e Sudoeste, enquanto os postos móveis cobriram quatro rotas, beneficiando 24 bairros. Na zonal rural, 85 profissionais trabalharam em postos fixos instalados em 40 comunidades.

Érson Ribeiro, coordenador de Vigilância Ambiental, disse que o município não tem reportado casos de raiva em cães e gatos durante décadas.

— É muito importante que os tutores levem os animais domésticos para a vacinação, porque precisamos manter o marco por meio da participação comunitária — disse Ribeiro.

“Os guardiões têm a responsabilidade de cuidar do bem-estar do animal, e uma forma de fazê-lo é mediante a vacinação”, acrescentou.

A raiva é doença infecciosa viral aguda que afeta mamíferos, incluídos seres humanos, e caracteriza-se por encefalite progressiva e aguda com letalidade de aproximadamente 100%. A vacina é importante para prevenir e controlar os casos de raiva transmitida aos humanos por cães e gatos.

Comentários
×