Livro do Gênesis e meio ambiente

LIVRO DO GÊNESIS E MEIO AMBIENTE

Antônio de Oliveira

E disse Deus: Ajuntem-se, num só lugar, as águas que estão debaixo do céu. Apareça o elemento seco. E assim se deu. Chamou Deus de terra ao elemento seco e, de mares, ao ajuntamento das águas. 

Deus viu que aquilo era bom. E disse: 

— Que a terra produza relva, plantas, árvores frutíferas; animais se reproduzam.

Mesmo depois da queda original, segundo o texto, a missão de cuidar da terra foi confiada ao homem. Decepção! Em vez de proteger a natureza, o ser humano passou a degradá-la.

Impassíveis continuamos nós, enquanto a natureza, como organismo global, vem sendo gerenciada pelo lucro e por interesses subjacentes.

Seus pulmões, constituídos por matas e florestas, onde, em se plantando, tudo dava, estão sufocados.

Seu sistema respiratório, compreendendo, por analogia, nariz, faringe, laringe, traqueia, brônquios, carece sobreviver graças à respiração em ar puro, sem poluição. Praias limpas, lixões sob controle.

Sua carne, o solo, se acha carcomida, açoitada e dilacerada pela erosão e manejos inadequados.

Seu ventre sagrado, rasgado, em profundas feridas, descoberto, sangrando, muitas vezes de cicatrização irrecuperável, seja por efeito das voçorocas já pela exploração e espoliação histórica: do escravo, do ouro, do diamante, do minério de ferro.

Suas reservas orgânicas sugadas. Elementos minerais rarefeitos. Nem sempre lhe são restituídas as migalhas: restos vegetais: restolhos,palhadas. 

Suas veias e artérias (rios e arroios) entupidas por resíduos de toda ordem, causando-lhe arteriosclerose.

Seu sangue (águas) envenenado por substâncias químicas. E ainda lhe ateiam fogo sobre a pele desnudada (as queimadas). 

Lembremo-nos de que o meio ambiente é nosso habitat, nosso entorno terrestre, sustentáculo de nossa vida, nossa economia, nossa saúde, nosso bem-estar.

O mundo está ameaçado de se transformar num caos inabitável. Abissal.

Proporcionem as condições de sobrevivência às gerações futuras.

[email protected]

Comentários
×