Inverno Cultural da UFSJ divulga programação

Edição 2022 terá como tema ‘Planeta Fome’; abertura será neste sábado

Da Redação

Ao longo de mais de 30 anos, o Inverno Cultural UFSJ desenvolve ações para promover a formação cidadã pelas artes, democratizar o acesso à cultura, conviver com a comunidade e valorizar a cena artística. O maior programa de extensão da Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ) é um festival de artes plurais, que acontece tradicionalmente nas férias letivas do meio do ano, em São João del-Rei/MG. Após ter a edição de 2020 cancelada pelas restrições impostas pela pandemia de covid-19, o Inverno Cultural foi retomado em 2021 no formato on-line, transmitido pelo site do festival. 

As atividades são gratuitas e ocorrem em espaços públicos (ruas e praças de diversos bairros), campi da UFSJ e equipamentos culturais, como teatro municipal, galerias, museus, centros culturais, dentre outros, formando um circuito e um convite para que os sujeitos vivenciem encontros na e pela cidade por meio da arte e cultura.

Tema

A edição 2022 do Inverno Cultural terá como tema “Planeta Fome”. A temática se inspira no álbum homônimo de Elza Soares, de 2019, para reverenciar a artista e, ao mesmo tempo, promover reflexão sobre temas sensíveis à sociedade brasileira e que estão nas letras de suas canções como o racismo, a homofobia, o negacionismo, a violência doméstica, o feminicídio e a fome.

Programação

O festival terá sua abertura realizada neste sábado, dia 23, às 14h, na cidade de São João del-Rei.

Em Divinópolis, as atrações começam no domingo, 24, às 19h, com o espetáculo “Outono”, realizado pela Companhia Mineira de Teatro, no Teatro Municipal Usina Gravatá. 

Entre os dias 25 e 29 de julho, as salas do campus Centro-Oeste da universidade receberão a oficina “Brincar de Música”, ministrada por Daniel Penido Dias. A oficina é voltada para crianças de três a 12 anos.

Na segunda-feira, 25, às 16h, será exibida a Mostra Audiovisual “Fora de Onde” de Pamella Villanova, na Biblioteca Municipal Ataliba Lago. A classificação indicativa do filme é de 12 anos.

Na terça-feira, 26, às 16h, será exibida a mostra audiovisual com os filmes “História da Fruta” (classificação livre), do Grupo Movência Lais Villela Penna, “Por Dentro” (classificação indicativa de 10 anos), de Gustavo Silvestre e “Eu Vou Botar Criança na Cabeça de Vocês” (classificação livre), de Nathalia Tiveron, Marih Herrera, Mariana Nobre, Ananda Koja, Yasmin Ferreira e Thais Ferro. Os filmes serão exibidos na Biblioteca Municipal Ataliba Lago.

Sétima arte

A programação de quarta-feira traz, a partir das 16h,  na Biblioteca Ataliba Lago a mostra audiovisual com os filmes “Praia - Documentário de Processos” (classificação livre), de Letícia Nabuco, Coletivo Mercúrio Líquido e convidados, “Elos Positivos” (classificação indicativa de 12 anos), de Eduardo Oliveira, “Pilão de Nhá”, de Denilson Ronan de Carvalho e “Cartografia Sentimental Tucuju” (classificação indicativa de 14 anos), de Cleber Rodrigo Braga de Oliveira. Na quinta, no mesmo horário, na Biblioteca Ataliba Lago, será exibida a mostra audiovisual com o filme “Lágrimas Fritas [uma peça-filme]”, de Laís Marques (classificação indicativa de 12 anos).

No sábado, a cidade recebe a última atração do Inverno Cultural, às 19h, no Teatro Municipal Usina Gravatá, quando acontecerá o show “Duo Siqueira Lima - 20 anos”. A classificação indicativa da atração é livre.

O festival será encerrado no domingo, com o espetáculo “Super Tosco”, do Grupo Rosa dos Ventos, na cidade de Sete Lagoas.

Além de Divinópolis, São João del-Rei e Sete Lagoas, Ouro Branco também terá eventos realizados pelo Inverno Cultural.

Comentários
×