Importa?

 

Importa?

Terra do Divino, Princesa do Oeste, Divinópolis. O nome pelo qual a chamamos não importa. O que vale mesmo é a certeza de uma terra abençoada, acolhedora e progressista. O que falar de uma cidade que começou de um arraial para se transformar em uma referência no Centro-Oeste e até de Minas Gerais? Que recebe de braços abertos todos que aqui aportam? Falo isso por mim e tenho certeza que represento muita gente nestas linhas. Afinal, esta cidade maravilhosa é formada em sua maioria por pessoas de fora. Mas que, como eu, se sentem filhas desta terra abençoada, muitas vezes malcuidada, maltratada, mas que perdoa, continua a acolher e renasce a cada dia, a cada eleição, sempre na esperança que tempos melhores virão.  E eles hão de vir, pois “quem espera sempre alcança” e não resta dúvida que vem alcançando. Está plena e bela aos seus 110 anos!

 Resumo 

Numa forma de homenagear a Cidade do Divino por suas 11 décadas de existência, seu povo trabalhador e apaixonado por esta terra e também servir de acervo para as futuras gerações, o Agora traz hoje uma edição especial contando a história do Município desde os tempos primórdios. Historiadores e outros especialistas relatam fatos e acontecimentos, que, certamente, vão surpreender muita gente. Para se chegar até aqui, foram muitos desafios e centenas de pessoas contribuíram para o desenvolvimento e conquistas da principal cidade do Oeste de Minas. Dos indígenas, fazendeiros, aventureiros, forasteiros, artistas aos 28 prefeitos (Gleidson Azevedo é o 28º), todos contribuíram e contribuem para que o antigo Arraial fosse a Divinópolis de hoje. A coluna te faz um convite para mergulhar neste resumo recheado de aventuras, obstáculos, mas, especialmente, de conquistas. 

 

Metade 

 

E não tem como falar do aniversário de Divinópolis e sua história sem ressaltar mais de meio século do mais tradicional jornal da cidade. Afinal, a trajetória do Agora em seus 51 anos de fundação, também celebrados hoje, se confunde com a do Município. Boa parte do que a cidade viveu foi retratado nas páginas do único impresso da cidade, visto que tem praticamente a metade da idade do Município. E se é para celebrar, que façamos juntos. Em especial, pelo fato de sobreviver em tempos tão difíceis. Levar informação todos os dias com qualidade e credibilidade de forma imparcial é o nosso lema. Não por acaso, lutamos, sofremos, mas sobrevivemos. E isso, sinceramente? Não é para qualquer um. Mas aqui estamos, em mais um ano, e esperamos estar em outros mais, para continuar brindando com Divinópolis na mesma data e cheios de motivos para festejar. Que assim seja. Feliz dia para nós e para nossa querida cidade. Ambos vitoriosos,  mesmo contra a vontade de muitos. 

 

Nova logo 

 

E, claro, momentos especiais merecem registros da mesma forma. Pensando nisso, a Tuez Design preparou uma nova logo para o Agora em celebração aos seus 51 anos de história. A data marca o início de uma década para o jornal, que segue com os mesmos princípios desde sua fundação: informação com credibilidade. Assim, mesmo de “cara nova”, continuamos comprometidos com os princípios que marcam o nosso compromisso com a verdade. Sigamos firmes. 

Comentários
×