Hora é de unir forças

Esporte pela Cidade

 

José Carlos de Oliveira

[email protected]

[email protected]

 

Opinião

 

Hora é de unir forças

Agora não adianta chorar sobre o leite derramado e muito menos apontar culpados. O que resta a quem realmente ama o esporte divinopolitano e, principalmente, a camisa alvirrubra do Guarani Esporte Clube, é unir forças para buscar dentro de campo recolocar o clube no lugar que é seu por direito, na elite do futebol das Minas Gerais.

Muito erros foram, sim, cometidos, pela atual diretoria e até mesmo por diretores do passado, mas apontar o dedo e apenas condenar quem errou não ajudará em nada agora. O que o Guarani precisa neste momento é de que todos se unam e, juntos, busquem elaborar um projeto para o futebol profissional do clube.

 

Há tempo

Com o calendário da Federação Mineira de Futebol (FMF) definindo a disputa da Segunda Divisão do futebol estadual apenas para o segundo semestre, entre os dias 13 de agosto e 26 de novembro, há tempo de sobra para que todos, mas todos mesmo (torcedores, políticos, empresários, diretores e até mesmo parte da imprensa) deixem as diferenças de lado e tratem de, juntos, encontrar alternativas que ajudem o Bugre a se reerguer. Apontar apenas os culpados e criticar tudo e todos fica até cômodo demais, além de não ajudar em nada ao Guarani neste momento de dor e decepção. 

 

Sou sempre Guarani

De minha parte garanto que sou e serei sempre Guarani, afinal, os homens, sejam eles quais forem – diretores, dirigentes, treinadores, jogadores –, passam, mas o Alvirrubro é para sempre. E é esse amor pelo clube e pela cidade em que vivemos que deve nos mover daqui para frente, para que todos juntos façamos do Guarani exemplo de força e dignidade, capaz de fazer de um limão uma limonada e de dar a volta por cima, mesmo que ainda existam pessoas que sempre serão do contra.

Sou Guarani e não desisto nunca! Hoje e para todo o sempre!!!

Comentários
×