Governo de Minas anuncia horário especial para Copa do Mundo

Da Agência Minas

Os servidores do Governo de Minas terão expediente de trabalho diferenciado nos dias de jogos do Brasil, na Copa do Mundo. Em comunicado publicado nesta quinta-feira, 10, no Diário Oficial de Minas Gerais, foi anunciada a carga horária de trabalho e os horários de expediente nas datas das partidas previstas no torneio.

Na primeira fase da competição, serão disputados três jogos do Brasil. O primeiro - Brasil x Sérvia - está marcado para 24 de novembro. Neste dia, o jogo será as 16h e o expediente dos servidores terá carga horária de seis horas, devendo ser cumprido entre 7h e 15h.

O segundo jogo (Brasil x Suíça) será no dia 28 de novembro, às 13h, e o expediente será de quatro horas, a ser cumprido entre 7h e 12h.

Já o terceiro jogo da primeira fase (Brasil x Camarões) está marcado para 2 de dezembro, às 16h. Para os servidores, o expediente será de seis horas e deverá ser cumprido entre 7h e 15h.

Classificação para as próximas fases

Caso a seleção brasileira se classifique para jogar as etapas seguintes da Copa do Mundo, o expediente nos órgãos do Governo do Estado também terá alteração. 

Nos dias em que os jogos ocorrerem às 12h, o expediente será de quatro horas e deverá ser cumprido entre 7h e 12h.

Já nos dias em que os jogos estiverem marcados para as 16h, a carga horária será de seis horas e o horário de trabalho poderá ser cumprido entre  7h e 15h.

Serviços essenciais mantidos

De acordo com o comunicado, ficam ressalvados serviços considerados imprescindíveis a critério das autoridades competentes, como os de natureza médico-hospitalar, no âmbito da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG); os de serviços ligados diretamente aos ciclos do doador e sangue, fornecimento e distribuição de hemocomponentes, no âmbito da Fundação Hemominas; do Laboratório Central de Saúde Pública, no âmbito da Fundação Ezequiel Dias (Funed); de segurança pública; os das Unidades de Atendimento Integrado (UAI), no âmbito da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag); os da Fundação TV Minas Cultural e Educativa e os museus.

Comentários
×