Gerdau abre inscrições para Programa Aprendiz em Divinópolis

Inscrições estarão abertas até dia 2 de dezembro e podem participar mulheres, pessoas negras e pessoas com deficiência

Da Redação

A Gerdau está com vagas abertas para o Programa Aprendiz para a usina Divinópolis. As inscrições começam hoje (21/11) e se encerram no dia 2 de dezembro. O programa é realizado em parceria com o SENAI e oferece o curso de Aprendizagem Industrial. São oferecidas 30 vagas exclusivamente para pessoas que se identificam com gênero feminino, pessoas autodeclaradas pretas ou pardas, pessoas com deficiência, com idade entre 18 e 22 anos, e que tenham concluído o Ensino Médio.

“Estamos muito felizes em poder abrir essa nova turma aqui em Divinópolis e acreditamos que será uma porta que possa se abrir para jovens que queiram ingressar no mercado de trabalho da indústria”, destaca Tiago Mascarenhas, líder da operação da Gerdau em Divinópolis.

O curso tem duração de um ano e meio, sendo um ano de curso presencial no SENAI e o restante de prática na Gerdau. As aulas presenciais terão início em 1º de fevereiro de 2023 no SENAI, no horário entre 13h30 e 17h.

 Os selecionados receberão como benefícios salário, plano de saúde, auxílio farmácia, vale transporte e alimentação na empresa durante todo o período de prática.

Para se inscrever, o candidato deve comparecer à Consult (Avenida Primeiro de Junho, 200, sala 705 – Centro/ Divinópolis), portando os seguintes documentos: CPF, carteira de identidade, carteira de trabalho, comprovante de endereço e de escolaridade.

 Serviço:

Curso profissionalizante Aprendiz Industrial

Unidade: Usina da Gerdau em Divinópolis

Número de vagas: 30 vagas

Requisitos: Ter Ensino Médio completo e idade de 18 a 22 anos

Inscrições até 02/12/2022, na Consult (Avenida Primeiro de Junho, 200, sala 705 – Centro/ Divinópolis).

Sobre a Gerdau   

Com 121 anos de história, a Gerdau é a maior empresa brasileira produtora de aço e uma das principais fornecedoras de aços longos nas Américas e de aços especiais no mundo. No Brasil, também produz aços planos, além de minério de ferro para consumo próprio. Além disso, possui uma divisão de novos negócios, a Gerdau Next, com o objetivo de empreender em segmentos adjacentes ao aço. Com o propósito de empoderar pessoas que constroem o futuro, a companhia está presente em 9 países e conta com mais de 36 mil colaboradores diretos e indiretos em todas as suas operações. Maior recicladora da América Latina, a Gerdau tem na sucata uma importante matéria-prima: 71% do aço que produz é feito a partir desse material. Todo ano, 11 milhões de toneladas de sucata são transformadas em diversos produtos de aço. A companhia também é a maior produtora de carvão vegetal do mundo, com mais de 250 mil hectares de base florestal no estado de Minas Gerais. Como resultado de sua matriz produtiva sustentável, a Gerdau possui, atualmente, uma das menores médias de emissão de gases de efeito estufa (CO₂e), de 0,90 t de CO₂e por tonelada de aço, o que representa aproximadamente a metade da média global do setor, de 1,89 t de CO₂e por tonelada de aço (worldsteel). Para 2031, a meta da Gerdau é diminuir as emissões de carbono para 0,83 t de CO₂e por tonelada de aço. As ações da Gerdau estão listadas nas bolsas de valores de São Paulo (B3), Nova Iorque (NYSE) e Madri (Latibex).   

 

Comentários
×