Gasolina sofre aumento nos últimos dias do ano

Em Divinópolis o litro já ultrapassa a casa dos R$ 5

Por Jorge Guimarães

Fim de ano chegando, movimento enorme nas estradas e o motorista provavelmente vai encontrar combustível mais caro nos últimos dias do ano, é o que alerta o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados do Petróleo do Estado de Minas Gerais (Minaspetro), em nota divulgada nesta sexta-feira, dia 30.

— É provável que os consumidores percebam um aumento do preço dos combustíveis na bomba. O que temos visto nas últimas 24 horas é que houve uma alta na demanda por causa das festas de fim de ano e as distribuidoras subiram os preços de venda para os postos. Além disso, estão sendo investigados problemas de bombeio de combustível da Petrobras para as companhias. É preciso ainda avaliar a alta dos custos da produção do etanol anidro nas últimas semanas, combustível que compõe o preço da gasolina em 27% — afirmou. 

A entidade ainda alerta para prováveis reajustes nos próximos dias.

— O Minaspetro reitera que fará uma comunicação transparente com o consumidor final, nossos clientes. Os postos não são os responsáveis pela atual elevação de preços e não iremos aceitar a culpa do aumento da virada do ano. O reajuste se deve aos repasses das distribuidoras e já estamos antecipando que as companhias, provavelmente, seguirão a mesma estratégia para o dia 1° de janeiro — ressaltou.

Divinópolis

Segundo levantamento da reportagem, o preço médio da gasolina na cidade, efetuado na última quarta-feira, era de R$ 4,89. No dia de hoje, dia 30, os preços praticados já ultrapassaram os R$ 5, em vários pontos de vendas da cidade. E como salientou o Minaspetro, com possibilidades de mais aumentos a partir do próximo domingo.

Aumento este, assim que os impostos federais sobre os combustíveis voltarem a ser cobrados. Pois o governo atual não prorrogou a medida e o governo Lula ainda não afirmou que deve mantê-la.


Comentários
×