Gás sobe 73% em dois anos nos pontos de venda de Divinópolis

Apesar da alta, nas últimas quatro semanas o botijão apresentou leve declínio

Pablo Santos

 

O preço do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) de 13 quilos, ou gás de cozinha, bateu recorde histórico no Brasil. Em Divinópolis, a média de preço no mês passado chegou a R$ 110,94. O valor é 73% maior na comparação com junho de 2020. Apesar da alta, nas últimas quatro semanas, o botijão apresentou leve declínio nos estabelecimentos da cidade, de acordo com os dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

 

Em junho de 2020, nos pontos de vendas do botijão, o gás era comercializado por R$ 64,39, em média, no município. Quando se compara com 2022, o valor do item subiu 73% em dois anos.

 O valor do botijão de 13kg vendido a R$ 109,53 em Divinópolis é menor na comparação com a média nacional: R$ 112,86, segundo a ANP.

Nas últimas quatro semanas, o valor do gás de cozinha registrou leve queda nos pontos pesquisados pela ANP. De acordo com os dados, na semana do dia 15 de maio, o botijão estava cotado a R$ 111,18 na cidade. Depois passou para R$ 110,00 e chegou nos atuais R$ 109,53.

Quando comparado com maio e junho, a queda foi de 1,8% nos pontos pesquisados em Divinópolis, afirmou a ANP.

A disparada de preços, do gás começou em 2018. Naquele ano, foi alterada a política de preços da Petrobras , fazendo com que os preços do petróleo e seus derivados acompanhassem o cenário internacional.  

De acordo com a Petrobras, o custo final repassado à população brasileira vem da média dos preços praticados nos pontos de venda, que incorporam os impostos dos distribuidores e revendedores.

 

 

 

  

Comentários
×