Futebol amador está mais triste

Morreu no final da tarde de quinta-feira e foi sepultado na manhã desta sexta, Camilo de Lélis, o Cuié da Grota

José Carlos de Oliveira

O ano começou mais triste para os amantes do futebol amador de Divinópolis e região. Um dos desportistas mais queridos e atuantes do futebol da cidade, Camilo de Lélis Cunha, o Cuié da Grota, morreu no final da tarde da última quinta-feira, 6, e foi sepultado na manhã desta sexta-feira, 7, no cemitério Parque da Colina, com a presença de dezenas de amigos e familiares, que foram se despedir dele e lhe prestar uma última homenagem.

Camilo de Lélis faleceu em casa na tarde de quinta-feira, com o óbito sendo atestado pelos profissionais do Samu, que atenderam a chamada. Ele já se encontrava doente há alguns dias, quando precisou até mesmo de ser hospitalizado e iniciava em casa o tratamento.

Trajetória

O Cuié da Grota tem toda sua trajetória no esporte quase toda ela ligada ao Colorado, time que comandava e era principal responsável por mantê-lo vivo na história do futebol da cidade. Era ele quem buscava recursos para manter o time em atividade e dar aos jogadores condições para defender a equipe com dignidade. Nascido e criado na Grota, Camilo de Lélis tinha também uma ligação estreita com o futebol rural, sendo ele um dos idealizadores e organizadores do Torneio do Choro.

Comentários
×