Fim de semana registra boas vendas

Condições estabelecidas em acordo de convenção coletiva de trabalho permite o funcionamento do comércio

Jorge Guimarães 

É grande a expectativa dos empresários em relação ao faturamento nas vendas para o Dia da Criança deste ano, que é comemorado hoje, juntamente com o dia em que a igreja Católica celebra o Dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, e que, por isso, é considerado feriado nacional. Apesar de a data ser segmentada, tem grande relevância para as lojas, pois costuma ser o termômetro do setor para o Natal.

E, em meio às crenças religiosas e ao comércio querendo se recuperar em relação à pandemia, o Sindicato dos Empregados no Comércio Varejista e Atacadista de Divinópolis e Região Centro-Oeste e o Sindicato do Comércio Varejista de Divinópolis autorizaram o funcionamento do comércio, em geral, nesta terça-feira. No entanto, para isso, as empresas precisam fazer a adesão às cláusulas e condições estabelecidas em acordo de convenção coletiva de trabalho. 

Comércio

Confirmando a expectativa dos empresários, as vendas do último sábado, 9, foram boas e até surpreenderam os menos avisados.

— Tivemos ótimas vendas no sábado, o que superou nossas expectativas em relação ao que estávamos esperando. Hoje [ontem] esperamos um movimento igual a partir da parte da tarde e, para amanhã, vamos abrir até o meio-dia, pois sempre há aqueles que deixam para a última hora. Em relação ao ano passado, tivemos um aumento na casa dos 5% — comentou a gerente de uma loja de brinquedos, Thamires Fernandes. 

O empresário do segmento de confecção infantil Guilherme Faleiro é outro que comemora. Conforme ele, as vendas foram boas e quase zeraram seu estoque de camisetas infantis.

— O movimento superou as expectativas e estamos em falta de algumas numerações nas camisetas infantis masculinas. Mas, em breve, já estaremos com a nova coleção primavera/verão para atender à nossa clientela — disse.

Feriado

Portanto, há quem diga que as vendas poderiam ter sido melhores se o feriado não tivesse dado quase no meio da semana.

— O empresário, no geral, estava confiante em ótimas vendas, mas poderiam ter números mais positivos se não fosse o feriadão. As pessoas passaram muito tempo dentro de casa e, com o avanço da vacinação, se viram livres para viajar.   E mesmo hoje, apesar de poder abrir no feriado, a crença religiosa em Nossa Senhora Aparecida vai ser o principal destino de boa parte das pessoas, não só de fora como de Divinópolis. Hoje é o dia dos ambulantes e comerciantes do entorno da Igreja Nossa Senhora Aparecida faturarem — conclui o empresário do ramo de calçados Júlio Célio Silva. 

Supermercados

Os supermercados também se deram bem, mais uma vez. Quem não viajou no feriadão teve os sítios da região como uma das principais opções de lazer, apesar do tempo chuvoso na região desde a última quarta-feira.

— Estou indo para o sítio de meu pai que fica em Marilândia, vim para Divinópolis para fazer compras de alimentos e bebidas. Estamos somente em família, mas, mesmo assim, haja cerveja e carne para churrasco — disse o engenheiro Peterson Alves.

Cerveja, carvão e carne foram os itens que mais tiveram saída numa loja de rede de supermercados.

— Colocamos várias marcas de cerveja em lata na promoção, desde o último sábado, assim como também refrigerantes. Na parte do açougue, a linguiça para churrasco também estava em promoção. As vendas foram dentro do esperado e as promoções continuam até hoje — revelou o gerente Walter Wagner.

 

Comentários
×