Filarmônica de Minas Gerais reúne mais de três mil pessoas na praça

Apresentação aconteceu na última sexta-feira

Da Redação

Divinópolis recebeu, na última sexta-feira, 22, a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais. A apresentação aconteceu na Praça da Catedral. O evento foi realizado por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, com patrocínio máster da Gerdau, apoio da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura (Semc), e realização do Instituto Cultural Filarmônica (ICF).

Segundo informou a Polícia Militar (PM), o público estimado foi de 3 mil a 3.500 pessoas. De acordo com a Prefeitura, o evento foi “um grande sucesso de público”.

Repertório

Sob a batuta do maestro José Soares, regente associado da Filarmônica, a orquestra apresentou um repertório totalmente brasileiro, destacando a variedade de estilos e as influências das raízes na música orquestral feita no país, com obras de Alberto Nepomuceno, Eleazar de Carvalho, Francisco Mignone, Gilberto Mendes, Guerra-Peixe, Lorenzo Fernandez e Carlos Gomes. 

O secretário de Cultura, Diniz Borges, expressou satisfação com a presença do público, especialmente após o período de suspensão de eventos devido à pandemia.

— Foi gratificante ver a plateia tão feliz, ver o brilho no olhar de cada um, inclusive das crianças, não tem nem como expressar. Músicas brasileiras de grandes autores e uma orquestra como a da Filarmônica foi aquilo que Divinópolis estava precisando para acreditar que, mesmo depois de tudo que passamos, ainda somos capazes de sentir a arte e a cultura e sorrir com ela — destacou.

Orquestra

A Orquestra Filarmônica de Minas Gerais foi fundada em 2008 e tornou-se referência no Brasil e no mundo por sua excelência artística e vigorosa programação. Conduzida pelo seu diretor artístico e regente titular, Fabio Mechetti, a orquestra é composta por 90 músicos de todas as partes do Brasil, Europa, Ásia e das Américas.

 

Comentários
×