Fashion Cult

BLOCO DE MODA

Wagner Penna

FASHION CULT

  A busca de novidades para seduzir a clientela tem feito as empresas que trabalham com moda buscar a segmentação como forma de conquistar novos mercados. Seja pelo aspecto cultural, etário ou até mesmo geográfico, o importante é encontrar algum nicho que possa ser atendido com expressivo diferencial.

  Um dos exemplos disso é a nova coleção que a marca Vista Magalu (que pertence ao grupo do Magazine Luiza), que foi buscar no  talento  do estilista Isaac Silva a valorização das lembranças de todos nós, através dos cheiros. Por isso mesmo, o nome da coleção-cápsula é “Acredite no seu Xêro”.

    A collab entre o magazine e o estilista acabou por ressaltar, também, os referenciais habituais do seu trabalho, como citações da cultura afro-brasileira. E valoriza todos os corpos, com tamanho que vão do PP ao G4. Quanto ao estilo, as peças estão distribuídas entre os temas Ankara, P7B e Fitinhas.

  Um bom exemplo da viabilidade  e  valorização do “fashion cult”.

 

VAIVÉM

  •   A  campanha da grife Reserva para marcar o Dia dos Namorados acabou atingindo seu objetivo de forma indireta. Mostrando  um casal de idosos com roupas íntimas, o objetivo é valorizar o amor na terceira idade. O assunto agradou a alguns e  desagradou outros. De qualquer forma, foi o suficiente para lembrar que os velhos também amam. E isso está ajudando nas vendas de presentes para casais  com mais de 60 anos. Uma baita novidade para a data dos apaixonados – no dia 12 de junho.




  • E, por falar no Dia dos Namorados, a Renner lançou coleção especial para a data. Em clima invernal, a coleção-cápsula da rede de moda propõe peças em sarja + tons terrosos e amenos (marrom, verde oliva, branco, vermelho escuro e preto, dentre outros).  Destaque para a calça jogger em sarja com cós elástico, que pode ser combinada com a confortável camiseta de algodão easy fit. Na linha masculina, camisas, também em sarja, visando versatilidade comfy para o dia a dia.

 

  • PONTO FINAL. Como o tema da coluna no Dia dos Namorados, as previsões das vendas no comércio de moda para o assunto, neste ano, eram as melhores possíveis. Pelo menos, em relação ao ano passado. O fato é que essa data é uma espécie de Natal no meio do ano para muitas marcas, isto é, a segunda data que mais vende. Melhor que ela, só mesmo o Dia das Mães. Já o Papai Noel ganha duas. Aguardemos os números. 





 Legenda/  A moda da Shopee

 

Foto: Divulgação



Coment√°rios
×