Falas homofóbicas e misóginas de vereador do PSL motivam protesto em Pedra do Indaiá

Vereador Reveter Rainer da Silva, fez uma live onde insultou comunidade LGBTQIA+ e as mulheres

Mulheres e integrantes da comunidade LGBTQIA+ realizaram nesta quarta-feira, 30, protestos durante a reunião ordinária da Câmara de Pedra do Indaiá. A manifestação foi motivada pelas falas do vereador Reveter Rainer Da Silva (PSL), contra a comunidade LGBTQIA+ e as mulheres. Na ocasião ele criticou o feminismo e disse que a mulher não conquistou nada.

 Live

Os insultos ocorreram durante a transmissão de uma live no perfil pessoal do parlamentar. Ele começa seu posicionamento criticando uma postagem da Prefeitura em apoio ao Dia do Orgulho LGBTQIA+ e dispara ofensas à classe, mas ao mesmo tempo diz que respeita.

 Durante as falas de homofobia ele também demonstrou comportamento misógino e disse que mulher não conquistou nada.

 - Mulher não conquistou nada. Foi dado - pontuou em tom de críticas ao feminismo, movimento que batalha pelos direitos das mulheres.

 Prefeitura

 A Prefeitura de Pedra do Indaiá informou que acredita que é dever do poder público, e de qualquer cidadão, respeitar todos os segmentos da sociedade e suas orientações.

 Câmara

 A Câmara emitiu uma moção de repúdio assinada por oito vereadores e que foi aprovada, durante reunião.  

Comentários
×