Exposição de fotografias apresenta banda Esfera do Ser para além de músicas e clipes

 

Da Redação

A segunda edição da exposição da banda Esfera do Ser será uma amostra de fotografias na biblioteca Ataliba Lago. O início será em 3 de novembro, com término no dia 1º de dezembro.

O objetivo é disseminar os trabalhos e mostrar as produções que vão além de canções. Com a missão de transformar, emocionar e gerar valor, a Esfera do Ser constrói a sua história. Será disponibilizada uma caixa de sugestões, que ficará aberta ao público para expressar propostas e parcerias. E, no rodapé da fotografia, links com QR code que direciona para clipes musicais ou filmes.

A mostra de arte tem classificação livre, e estará disponível integralmente nas plataformas do projeto.

O artista Ailton Costa criou a banda Esfera do Ser, onde compõe poesias e músicas autorais, além de dirigir clipes e filmes.

Projetos

O projeto ficou em primeiro lugar na lei Aldir Blanc Minas Gerais, com o single “Camilah de maquiagem”, que aborda a temática de violência doméstica. O destaque veio com o trabalho inédito de inclusão social “Sussurros ao som do silêncio”, conhecido como ”Rock para surdos”, pensado para os surdos com o arranjo mais grave, com a harmonia que possibilita uma vibração nas regiões mais sensíveis. Os surdos sentem dependendo da intensidade do som e do instrumento que está sendo tocado, através das ondas sonoras que chegam para eles. A letra é direcionada para os surdos e o clipe é em libras.

A cidade também ganhou uma homenagem com a música “Divinópolis me leve até lá”, em que é exaltado os pontos fortes com intuito de gerar pertencimento.

A faixa “Mantra” foi criada para arrecadação de doações espontâneas promovendo os projetos: “Sementes de Abundância”, “Arte,Poesia e Vida” e “Parque Ecológico Público o Ponto Verde”

Autoral

A banda Esfera do Ser produziu 17 clipes musicais e um álbum musical com 14 faixas chamado “Xícaras” gravado no estúdio Miolo Mole e produzido e mixado pelo Ruan Mattos. Algumas canções fazem parte dos filmes (Todos Iguais, Fruto Estranho e 3 Olhares na Pandemia).

A Esfera do Ser transita por vários gêneros sendo eles blues, pop rock, rock roll, rock progressivo e MPB. A busca é fazer um trabalho genuíno que busque expressar a essência do ser. A música como ferramenta para servir e gerar pertencimento.

Álbum Xícaras

Segundo Ailton, as palavras têm grande poder de cura e energia, especialmente quando são ditas com fé e gratidão. 

O trabalho conta com a participação especial da cantora Tia Elza (que participou do “The Voice Brasil”), Mariana Freitas, Magda Moreira, Marcela Orlandis, João Batista e Miguel Francisco. E com um time de músicos: Mateus Mursa (teclado), Alexandre Pereira (baixo), Michel Rodrigues (bateria), Ruan Mattos (guitarra, violão e baixo). Além de Tatiana Fonseca (produção audiovisual), Débora Santos (produção), Lara Ordones (elaboração do projeto de lei), juntamente com o grupo Sinalize e Quintano.

As parcerias de composição são de Hamilton Costa e Taciana Costa.

O álbum “Xícaras” já está disponível em todas as plataformas digitais.

 

Comentários
×