Encontro Musical da UFSJ começa amanhã

Realidade musical sui generis: pesquisa e performance no repertório sacro mineiro

 

Da Redação

As cidades de São João del-Rei, Prados e Tiradentes, no Campo das Vertentes, mantêm, desde o século XVIII, uma prática musical baseada na performance de orquestras bicentenárias, que executam repertório sacro em celebrações religiosas e apresentações diversas. Diante dessa realidade musical sui generis no país, que enseja inúmeros debates e investigações científicas, a UFSJ realiza, de 3 a 6 deste mês,  o I Encontro de Pesquisa e Performance Musical.

O objetivo geral do evento é criar um espaço que proporcione diálogos entre essas fronteiras. Assim, essa versão pioneira terá como tema: “A pesquisa e a performance da música sacra mineira''. A programação está estruturada em seminários – com apresentação de pesquisas sobre o tema geral, realizadas por estudantes dos cursos de graduação e pós-graduação em Música, palestras, mesas-redondas, masterclasses e concertos abertos ao público. Entre as atividades, todas disponíveis no site do I Encontro, há uma visita guiada às missas dominicais em São João del-Rei, nas quais se apresentam as tradicionais orquestras Ribeiro Bastos e Lira Sanjoanense.

Pesquisas

Tendo em vista a prática musical ainda em atividade nas orquestras, não apenas de São João del-Rei, mas de Prados (Lira Ceciliana) e de Tiradentes (Orquestra Ramalho), o público vai poder contemplar professores e estudantes pesquisadores, ao lado de músicos da comunidade regional.

Os cursos de pós-graduação e graduação em Música da UFSJ acumulam diversas pesquisas finalizadas e em andamento sobre a performance da música sacra mineira, que precisam ser experimentadas no âmbito da prática musical para cumprirem sua finalidade como pesquisa artística. 

— Esse evento contempla a tradição interpretativa da região como fonte de pesquisa e aprendizado — ressalta o coordenador geral do Encontro, professor Antônio Carlos Guimarães (Dmusi).

Inscrições e programação

O I Encontro terá convidados nacionais e internacionais que se apresentarão em concertos e palestras, entre eles, o músico e professor Anders Ljungar Chapelon, da Academia de Música de Malmö, na Suécia, que falará sobre “A tradição em movimento”. As inscrições podem ser feitas gratuitamente, via formulário, no site do evento. Todas as atividades serão presenciais e transmitidas pelo canal do Programa de Pós-Graduação em Música da UFSJ no YouTube.

Comentários
×