Emocionante

Emocionante 

Quem teve a oportunidade de ir ao desfile de 1º de junho, em homenagem ao aniversário de Divinópolis, rasgou elogios ao cortejo que não ocorria há quatro anos. E com toda razão. Foi bonito de se ver as inúmeras atrações na avenida, a empolgação e uma multidão que não arredou pé do local até a cavalgada, última a desfilar na 1º de Junho. Há muito não se via algo parecido, em especial, pelo fato da covid-19 ter tirado o ir e vir de milhares de pessoas nos últimos dois anos. Quando o vereador Israel da Farmácia (PDT) diz em seu discurso na Câmara que foi “um desfile que vai entrar para história de Divinópolis”, ele está coberto de razão. Foi exatamente isso. 

Ameaças

Além do desfile, elogiado por todos que fizeram o uso da palavra – Diego Espino (PSC) destacou o esforço da administração em “resgatar o sentimento de amor por Divinópolis” –, outro assunto chamou atenção dos colegas e de quem assistia a reunião. E veio dele próprio. Fez duras críticas ao Sindicato Rural e à gestão da Divinaexpo pela falta de acessibilidade a cadeirantes, pessoas surdas e mudas. Mas não parou por aí. Exaltado e aos berros, questionou: “e o povo? Vocês esqueceram do povo?”. O discurso foi encerrado com ameaças à realização do evento nos próximos anos.  “No ano que vem, vocês vão ter que dar dia de graça para o povo. Não tem que ter dinheiro da Câmara, não. Se não derem, não vai ter alvará, não”. Esbravejou. Depois da fala em que o vereador chegou a desmaiar em Plenário, estava mais sereno, mas ontem fez um replay daquele dia fatídico. Alguém deve ter “cutucado a onça com vara curta”.

Justificada 

Ainda sobre o desfile, diversas notaram a falta da secretária de Educação, Andreia Dimas, mesmo com a participação de toda a rede municipal nas comemorações – visto que todos os demais secretários marcaram presença na tenda montada para as autoridades. No entanto, a situação foi explicada logo depois por conhecidos de Andreia e pela Prefeitura ontem. Ela estava em Belo Horizonte, onde a Prefeitura recebeu “Moção Honrosa” por ser finalista na categoria Educação no X Prêmio Mineiro de Boas Práticas na Gestão Municipal. A promoção é da Associação Mineira de Municípios (AMM). Mais do que justificado. 

 Entre os três

O projeto Equipe Multidisciplinar Itinerante da Educação Especial (Emiede), da Secretaria Municipal de Educação (Semed), ficou entre os três melhores de Minas Gerais. Para a secretária, a consagração de um projeto de excelência. Iniciado há dez anos, a idealização é da secretária. Resultado importante e mostra que a Educação no Município está no caminho certo. Fato que mostra por que Andreia tem tantos admiradores. 

 

Comentários
×