Dois são presos em operação da PF em Divinópolis e Cláudio

Eles têm ligação com apreensão de 1,5 toneladas de maconha no mês passado

Da redação

A Polícia Federal (PF) prendeu nesta terça-feira, 7, dois suspeitos de tráfico de drogas durante a Operação 'Jack Card", que cumpriu mandados em Divinópolis e Cláudio. Segundo os agente sda PF, os presos têm envolvimento com tráficos de drogas e estão ligados a uma carca de 1,5 toneladas de maconha, apreendida no mês passado.

Os mandados foram expedidos pela 1ª Vara da Justiça Estadual de Divinópolis, a partir de investigação que terminou com a apreensão de um caminhão que transportava a maconha da cidade de Cascavel no Paraná, até Divinópolis no dia 25 de maio. Segundo a PF, na ocasião foi preso somente o motorista que dirigia o caminhão na MG-050.

Prisões nesta terça-feira

Nesta terça-feira, foi preso em Cláudio, o batedor do caminhão - responsável por seguir a frente avisando ao motorista sobre eventual blitz policial. No dia dos fatos ele dirigia um carro branco, que foi apreendido hoje. 

Também foi preso o responsável pelo carregamento da droga, que articulou a aquisição do entorpecente na cidade de Cascavel e forneceu o caminhão ao motorista preso no dia 25 de maio. Ele foi preso em Divinópolis.

A Polícia Federal já tinha conseguido identificar que o dono da droga já tinha tentado trazer um carregamento para Divinópolis no dia 21 de abril, mas a carga de 700 quilos de maconha também foi apreendida no interior de São Paulo pela Polícia Civil. Ele já tem passagens pela Polícia Federal, sendo que já foi indiciado na PF de Divinópolis por contrabando de cigarros do Paraguai.

Os dois presos, após interrogados, serão encaminhados ao presídio em Divinópolis, onde ficarão à disposição da justiça.

Eles irão responder pelos crimes de tráfico de drogas, que prevê com pena de 5 a 15 anos de reclusão e associação para o tráfico, com pena de 3 a 10 anos de reclusão.

 

Comentários
×