Divinópolis: Recuperado, vereador Diego Espino esclarece desmaio na Câmara

Espino citou estresse causado por ataques distorcidos sobre seu projeto.

Matheus Augusto

O vereador Diego Espino (PSL) viralizou, nesta quinta-feira, 28, nas redes sociais ao desmaiar na Câmara de Divinópolis durante discurso exaltado. Em vídeo no início da noite, horas após o ocorrido, o edil informou estar bem e justificou sua irritação.

— Realmente me exaltei. Acabei desmaiando no Plenário porque eles distorceram o projeto que eu coloquei nesta Casa que fala de identidade de gênero, não ideologia de gênero. Já me posicionei contra a ideologia e a favor, sim, da identidade, que dá o nome social para quem quiser escolher. É o certo pelo certo — defendeu. Espino mostrou, no início de seu discurso, imagem que circula nas redes sociais em que ele é acusado de elaborar um projeto para implantar ideologia de gênero.

A referida proposição, PL CM 206/2021, de sua autoria, defende a legalidade e o direito de "travestis, transexuais e transgêneros" requerem o uso de seu nome social em documentos, formuláris, identidade funcionas e crachás na cidade, bem como no âmbito da administra pública, como forma de igualdade e combate ao preconceito.

— Nosso projeto é uma iniciativa que fortalece o reconhecimento das pessoas LGBTQIA +, porque permite que elas utilizem seus nomes sociais em órgãos públicos — esclareceu.

Em nota, ele voltou reforçar o posicionamento contrário à ideologia, mas defendeu o direito ao nome social.

— Grupos contrários ao projeto do parlamentar utilizaram montagens em redes sociais, e fake news para insinuar que, na verdade, a proposta estaria ligada à ideologia de gênero, pauta que Espino não compactua. Como resultado de inúmeros ataques digitais, o parlamentar precisou usar a tribuna para se defender — informou, em nota, a assessoria do edil.

Segundo o vereador, os ataques "são reflexo desesperado de pessoas e grupos que já estão preocupados com as eleições do ano que vem". Espino ainda afirmou ser contra qualquer tipo de preconceito, "um dos motivos pelo qual fiquei tão emotivo".

 

 

 



Comentários
×